Pedro Piquet destaca aprendizado na estreia na F3 Euro em Paul Ricard

Fórmula |
4 de abril de 2016

Dificuldades nos qualis comprometem estreia do bicampeão da F3 Brasil

O fim de semana começou brilhante para Pedro Piquet, liderando o primeiro treino livre da rodada tripla de abertura da FIA F3 Euro em Paul Ricard. Mas dificuldades com o motor nos qualis atrapalharam a jornada inaugural do brasiliense em sua primeira competição de monoposto na Europa.

O piloto da Van Amersfoort Racing terminou a primeira prova em 11º, a segunda em 14º e abandonou a terceira, na manhã deste domingo no autódromo do sul da França.

“Nossa estreia não foi das melhores. Alguns problemas técnicos nas classificações complicaram nossas corridas. Aprendemos bastante e estaremos muito bem preparados para Budapest”, afirmou o competidor do carro #5.

Neste domingo sua participação acabou abreviada por um incidente na curva 1.

Largando na décima fila, o brasiliense de 17 anos de idade hoje não conseguiu se esquivar da confusão na largada. Adversários que vinham à sua frente se tocaram no final da reta, e Piquet acabou coletado. Tentou ficar na pista, mas teve que recolher após duas voltas.

“A gente foi bem rápido nos testes e nos treinos, mas na hora da classificação tivemos algum problema no ajuste do motor e comecei a perder muito de reta. E aí ficamos lá atrás e tivemos que largar pra trás nas três corridas. A primeira foi ok, o carro estava um pouco mais difícil e quase cheguei nos pontos. Na segunda corrida vinha bem em 12º até a relargada da última volta quando fui tocado por outro carro na relargada e cheguei com pneu furado em 14º. Na terceira corrida o plano era fazer uns testes e aprender mais sobre o carro, mas tive que abandonar no começo depois de uma confusão na largada “, contou Pedro.

A próxima etapa da FIA F3 Euro acontece entre 22 e 24 de abril em Budapest, no circuito de Hungaroring.

O clã Piquet tem muita tradição no autódromo da capital húngara, que estreou na F1 em 1986 e foi palco daquilo que muitos consideram como a melhor ultrapassagem da história da categoria máxima, quando Nelson Piquet Sr superou Ayrton Senna por fora no final da reta. No ano seguinte, novamente pela Williams-Honda, o pai de Pedro Piquet repetiu a vitória na campanha de seu tricampeonato mundial.

Em 2006, foi a vez de o atual campeão mundial da FIA Fórmula E, Nelson Piquet Jr, colocar a família no alto do pódio. Ele venceu as duas provas da jornada da GP2 na cidade, na temporada em que acabou vice-campeão atrás de Lewis Hamilton.

Pedro Piquet já correu em Hungaroring, no ano passado, em prova da Porsche Supercup preliminar ao GP de F1 do ano passado.

 



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: