Michel Aboissa sagra-se campeão de torneio internacional nos Estados Unidos

Kart |
23 de março de 2016

Após vencer pela categoria Rotax Max Máster no Florida Winter Tour, Aboissa (na foto: terceiro da esquerda para direita) agora se prepara para o Mundial em outubro na Itália

 

 

Neste fim de semana, aconteceu a última etapa do Florida Winter Tour 2016. O torneio tradicional na temporada de inverno nos Estados Unidos contou nessa edição com mais de 300 pilotos que disputaram provas em três eventos realizados nos meses de janeiro, fevereiro e março em diferentes pistas do estado da Florida (EUA).

Os primeiros embates foram realizados nas cidades de Homestead e Ocala. Para a última e decisiva corrida, o palco escolhido foi o Kartódromo de Palm Beach, entre os dias 10 e 20 de março. Quase 10 categorias concorreram ao título da FWT e na briga esteve o brasileiro Michel Aboissa (Aboissa Oleos Vegetais | Orsolon Racing) disputando o título no forte grid da categoria Rotax Max Máster.

A preparação de Aboissa para o FWT teve que ser precisa e concentrada, pois era dado aos pilotos no máximo três dias de treino, uma dificuldade a mais para os estrangeiros, que não conhecem previamente o traçado da pista como os pilotos locais.

“Não conhecia as pistas, chegávamos na quarta, havia 4 a 6 treinos de 8 minutos por dia até quinta de manhã. Sexta era apenas warm up, qualify e um heat de 10 voltas”, explicou Michel Aboissa. “Sábado tinha mais 3 heats e a pré-final. No domingo era a final”, concluiu.

Os resultados dos heats formam o grid da pré-final e o resultado da pré-final é o grid da final. Tanto os heats quando a pré-final e final valem pontos.

Aboissa desembarcou em Palm Beach com uma ótima bagagem: somava pontos com um 3º lugar em Homestead e 1º em Ocala. O desempenho era bom, mas segundo o regulamento da FWT, com o passar das etapas, a bonificação ao vencedor da rodada vai aumentando. A última etapa valeria 50% a mais em comparação com a primeira. Tudo isso para manter os pilotos na disputa pelo título e dar emoção até a última volta.

Sabendo disso, Aboissa foi para a pista concentrado para manter os bons resultados que conquistara as etapas passadas. “A tomada de tempo foi na pista seca e fizemos a pole. O primeiro heat larguei em P1 e venci, o segundo heat cheguei em 3º e o último heat venci novamente”, relembra Aboissa.

“Com esses resultados, larguei na pole da Pré-final que tem 15 voltas e foi na chuva. Vencemos”, comemora o brasileiro. No domingo era a final. Antes de entrar na pista, Aboissa fez as contas e constatou que bastava cruzar a linha de chegada em 5º que seria o campeão do Florida Winter Tour 2016 sem precisar depender dos rivais.

O piloto então traçou uma estratégia para sair com o caneco dos Estados Unidos na final: “Larguei [na pole] em busca da vitória, mas antes mesmo da largada, penalizaram a primeira fila por largar acima da velocidade permitida e trocaram a primeira fila pela segunda, assim larguei em P3”, explica Michel. “Após a largada, cai para P5, me recuperei até a 5 volta e faltando 5 voltas das 20, já estava a 2 décimos do líder, qual estava jogando duro pela vitória, como naquela posição já conquistava o titulo, achei mais prudente manter o P2 e levar o titulo”.

A vitória na final ficou com Christophe Adams, com Michel Aboissa chegando em 2º por uma diferença de 2 décimos. Alessandro De Luca foi o 3º, Bobby Greene o 4º e Daniel Robertson ficou com a 5º colocação.

Michel avaliou o FWT, fazendo uma comparação entre o torneio americano e os nacionais: “O nível [ de competitividade do campeonato] é alto como os campeonatos que participo aqui no Brasil, porém a regras do campeonato e principalmente vistorias técnicas são muito mais rigorosas” balanceou Michel. Sobre sua performance o piloto se mostrou realista: “Sabia que seríamos competitivos e fomos em busca do título, mas já esperava uma concorrência bem preparada e competitiva, conhecia 2 pilotos que possuem títulos nacionais no US e outro com mais de 11 participações em mundiais”, pontua o campeão do FWT 2016.

Com o troféu na mão, Aboissa se lembrou da ajuda que recebeu para conquistar mais um título na carreira: “Gostaria de agradecer a equipe Orsolon Racing: Fábio que fez um ótimo trabalho; Seba, mecânico colombiano que ficou comigo durante as três etapas fez um baita trabalho, não tenho o que falar. Agradeço também ao Patcho que trabalhou com outro piloto mais deu uma ajuda grande para a gente, Andrés, Obama, mecânicos que deram uma força para nós lá. Também agradeço minha família que me deu todo o suporte que precisava, os amigos e os outros pilotos que me mandaram boa sorte e vibrações positivas. Deu resultado. Agradeço a todo mundo. E agora vamos para a Itália em outubro!”, agradece e comemora Michel Aboissa.

Com o título no Florida Winter Tour, Michel garantiu o direito de competir no Mundial Rotax que se realizará em outubro em Sarno, comuna da região da Campania, província de Salerno, localizada no sul da Itália.

Todo o desempenho de Michel Aboissa em terras italianas será acompanhando pela ClickSpeed. Você confere tudo por aqui em outubro.



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: