KWC prepara-se para 2016 querendo levar mais pilotos brasileiros para o Mundial de Kart

Kart Amador |
16 de setembro de 2015

Cinco provas seletivas estão previstas para recrutar os melhores kartistas do país 

O Torneio

 

 

Quando nasceu foi batizado de IKWC. Fundado e presidido pelo brasileiro radicado nos Estados Unidos Carlos Carneiro. Em 2012, Carlos deixou a administração do mundial e levou consigo o nome IKWC.  A partir desta data, Campeonato Mundial de Kart passou a ser administrado por um grupo inicial de 9 pilotos ou ex-pilotos. Hoje, com uma década de existência, é conhecido apenas como KWC. Perdeu o “I” do nome (indicativo de indoor), pois os organizadores acreditavam que a sigla daria a impressão de que o torneio só se realizava em pistas cobertas, o que, de fato, não se confirma.

Nas 10 edições, o KWC contou com diferentes pistas, traçados e karts. Os Estados Unidos receberam o mundial nas três primeiras edições e em 2010 (2005/2006/2007/2010). Os demais países sedes foram: Bélgica (2008/2011), Brasil (2009/2014), Alemanha (2012), Dinamarca (2013), e Itália (2015).

A organização do Mundial conta hoje com 15 pessoas, todas, de países diferentes, com exceção de Bélgica, Estados Unidos e Brasil que mantém dois representantes cada. Desde 2012, o KWC é presidido por Poul Hornemann.

Os vencedores

Apenas três países possuem campeões mundiais, e neste quesito a Bélgica a maior vitoriosa com 8 títulos. Os austríacos Werner Truegler e Alex Gumpenberguer venceram em 2005 e 2006, respectivamente. Em 2007, Rodrigo Faulhaber foi o responsável por trazer o primeiro título para o Brasil. Em 2008, uma novidade: o mundial foi realizado em duas categorias. Mas, isso não significou pluralidade na nacionalidade dos vencedores. A Bélgica foi muito bem representada e a categoria leve foi vencida pelo belga Gregory Laporte, e a pesada pelo também belga Mathias Grooten.

Em 2009, o brasileiro Maxwell Jansley se sagrou campeão com Gustavo Loureiro como vice campeão. Em 2010, os belgas voltaram com tudo. O piloto Kenny Geldhoff foi campeão nos EUA e bicampeão em 2011 em casa, na Bélgica. Em 2012, na Alemanha, Kenny foi superado pelo compatriota Robin Borremans que repetiu a dose em 2013, na Dinamarca. Em 2014, foi a vez do paulista Mauricio Pereira conquistar o título sendo que esta foi a primeira e única vez que o campeonato foi disputado em pista “outdoor”. Em 2015 o título voltou para os belgas com grande atuação do campeão de 2008 Mathias Grooten.

 

Edição 2016

 

Para 2016, dois candidatos disputam a sede do KWC: a Italia quer trazer pelo segundo ano consecutivo a competição, desta vez na Ilha da Sardenha tendo como ponto forte os karts que ela oferecerá: serão Karts PGK-Z (shifter Kart com 4 marchas para frente e 18HP do motor 4 tempos refrigerado a água). Também na disputa esta a cidade de Szcecin, na Polônia, com Karts BIZ de 9HP. O destaque da Polônia fica por conta da sua pista, que fica dentro de um Hotel de forma que o piloto não precisa alugar carro para se locomover do Hotel para pista e vice-versa. A previsão é que o anúncio da escolha do país sede 2016 até o final nas próximas duas semanas.

Na edição passada os poucos brasileiros que foram a Itália saíram de lá realizados quanto a organização e os equipamentos oferecidos pelos italianos, quanto a performance, ficaram com a sensação de poderia ter sido melhor: “Da minha participação esperava um pouco mais, confesso porém gostei da competição. Nível altíssimo. 1 ou 2 décimos de segundo faziam um piloto perder quase 10 posições”, afirma Eduardo Favilla, um dos seis pilotos brasileiros que disputaram o KWC 2015.

Este ano, houve recorde de países representados, 17 ao todo, e com a expectativa de aumentar ainda mais o número.

Poul Hornemann, presidente do KWC, disse a ClickSpeed: “Estamos trabalhando para obtenção de patrocínios que nos permitam levar os melhores pilotos brasileiros de Kart amador. Para este ano estão previstas 5 provas seletivas, sendo 2 em São Paulo, uma no Rio de Janeiro, uma em Minas Gerais, e possivelmente a repetição da tradicional seletiva do VELOPARK no Rio Grande do Sul”.

As datas e locais específicos de cada seletiva ainda estão sendo escolhidas. Continue acompanhando as notícias no ClickSpeed para saber mais.

Texto: ClickSpeed      
Foto: 4XGames/PGKART



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: