Kartódromo de Interlagos volta no tempo com corrida de karts históricos no último fim de semana

Outros |
3 de setembro de 2015

Evento organizado pela ABKARTH reuniu os apaixonados por karts antigos para um dia de corridas em São Paulo

Década de 60: o kart começa a tomar forma no Brasil. Época em que improvisar vinha antes da tecnologia. Protótipos nacionais eram construídos por pneus de carrinhos de mão e motor d’água. A paixão e o idealismo moviam os primeiros karts nas pistas de rua.

Mais de 50 anos depois esses mesmos valores permanecem intactos. Neste último fim de semana (29 e 30 de agosto) quem passasse por Interlagos se sentiria em outro tempo. Acompanharia provas com o charme e competitividade protagonizados pelos modelos dos primeiros karts. Os veria sendo meticulosamente cuidados, atingindo alta velocidade e sendo guiados por pilotos quase deitados.

 

 

A partir dos anos 70, o kartismo começa a ser levado cada vez mais a sério pelos jovens pilotos. Hoje, os karts históricos é que nos levam, aos tempos de Nelson Piquet, Ayrton Senna, Emerson Fittipaldi, Maneco Cambacau, Afonso Giaffone, José Carlos Pace, entre outros.

Tudo isso aconteceu no 3º evento organizado pela ABKARTH, Associação que tem como uma de suas frentes de atuação promover estes encontros com corridas de karts desde os 60 até 90. Em apenas 6 meses de fundação, a ABKARTH já reuniu 42 pilotos no grid em 3 eventos. A maioria compõe os sócios formais da Associação.

 

 

 

 

Ronaldo Marques falou ao ClickSpeed sobre a evolução do evento e o crescimento da comunidade que ama os karts históricos: “Posso te dizer que o evento cresce a cada encontro. Desta vez foram 4 novos pilotos na Históricos – José Walter Ventriglio, Robbi Perez, André Guerin e Ricardo Pascual”.

Ricardo Pascual é filho do lendário Tché (Lúcio Pascual Gascon), engenheiro e preparador de motores de karts que trabalhou com Ayrton Senna no início da carreira do piloto. No documentário de Pedro Rodrigues, “KART, História de Campeões”, a figura desse grande nome do kart é amplamente retratada. Veja mais sobre essa história AQUI

 

 

Confira os vencedores de cada categoria da 3ª etapa:

 

V2- Carlos Ebeling Jr Kart #32 – Chassi Mini Mini 1971 – Motor K88 1974

 

 

V3- Guilherme Klocke Kart #99 – Chassi Mini SSII 1977 – Motor Silpo

 

V4- Diogo Brandão Kart #85 – Chassi Mini Star V 1985 – Motor Komet Sudam

 

V5- Eduardo Pimenta Kart #82 – Chassi Mini Super 90 – Motor Komet K30

 

V6 – Henri Strasser Kart #64 – Protótipo SKE – 2 Motores Komet Sudam

 

 

Originalidade: O vendedor foi Samuel Gross do kart #55

 

 

 

Kart Mais Raro: De propriedade de Ronaldo Marques o Kart #66 foi pilotado por Fernando Ribeiro, um Mini 1966 Motor Mc75 1964

 

 

A categoria 90’s também recebeu novos adeptos: Mauricio Zandoná, Danilo Ramalho, Marcelo Souza, Renan Pizii e Bruno Priszculnicikse se juntaram ao grid dos pilotos que gruíam os karts da época mais veloz do kartismo . E foi desse grupo de estreantes que saiu o vencedor da categoria: Danilo Ramalho com o Kart #118 de Chassi Mini e Motor Parilla Evolution faturou esta etapa. Eduardo Pimenta com o Kart #82, o mesmo que venceu a V5, ganhou mais uma, dessa vez na regularidade nos históricos.

“Estes são fatos que demonstram o crescimento e sucesso do produto e do evento de karts históricos”, finaliza Marques.

 

 

 

 

Para saber mais sobre a Associação, acompanhar os eventos ou pilotar essas máquinas entre em contato: Facebook ABKARTH

 

 

 

 

Texto: ClickSpeed
Foto: Bruno Gorski



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: