Giuliano Raucci disputa etapa da F-4 em Misano embalado após resultados promissores em Ímola

Fórmula |
1 de outubro de 2015

Jovem revelação do automobilismo brasileiro pontuou em todas as corridas da última etapa em Ímola: largou na primeira fila em uma das provas e fez a melhor volta da corrida 2, quando uma quebra impediu sua vitória na F-4; etapa deste final de semana será na tradicional pista de Misano

A Fórmula 4 Italiana encerra neste final de semana a sua temporada 2015 na tradicional pista de Misano, onde 30 pilotos de 19 países diferentes disputarão a última rodada tripla do ano. Um dos destaques do grid é o paulista Giuliano Raucci, jovem revelação do automobilismo brasileiro que fará sua estreia neste circuito italiano embalado com os bons resultados obtidos na etapa passada, em Ímola.

No Autódromo Enzo e Dino Ferrari, Raucci pontuou em todas as corridas , largou na primeira fila em uma das provas e fez a melhor volta da corrida 2, quando uma quebra impediu sua vitória na F-4. Além dos bons resultados na rodada passada, o brasileiro também está confiante em repetir as boas performances após ter liderado os treinos que a Prema Power Team realizou na pista de Misano em agosto.

“Gostei bastante desta pista, que tem características semelhantes a de Mugello, onde considero que tive o melhor desempenho no ano na F-4 e cujo traçado também tem semelhanças com Misano, que também recebe a MotoGP, diz Raucci, que corre com patrocínio de Dolly Guaraná, TW Steel Watches, Ferramentas Beta, Carnes del Sur, Everlast, Bell Helmets, Queijos Tirolez e Canil Romão D’Italia.

Um fator interessante desta última rodada tripla da F-4 Italiana será a questão dos limites de pista, como explica o jovem piloto de 16 anos.

“Esta é uma pista que recebe MotoGP, com zebras baixas e pista bem larga, com bastante espaço. A questão de limite do circuito (track limit) será importante desde os treinos, porque se a FIA for rigorosa, muitos tempos acabarão sendo anulados. Por isso, é melhor treinar já respeitando os limites para não ter surpresas na classificação e na corrida, que pode resultar até em drive thru”, diz Raucci.

O circuito de Misano tem 4.226 metros e é caracterizado por longas retas. A pista, além de abrigar o GP de San Marino do Mundial de Moto GP, recebe neste final de semana diversas categorias além da F-4, como a final do Blancpain Sprint Series.

A sexta-feira será repleta de atividades de pista para a F-4. Além de duas sessões de treinos livres, também será realizado o classificatório, a partir das 11h05 da manhã. No sábado acontecem duas corridas. A primeira terá início às 4h e a segunda será às 11h20. A programação será encerrada no domingo com a terceira e última bateria. A largada está prevista para 7h05 da manhã (horários de Brasília).

Texto: Rodrigo França
Foto: Prema Power Team/ Divulgação



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: