Fábio Nogueira e Maurício Pereira vencem em Interlagos e levam vantagem para finalíssima do KAFU em junho

Kart Amador |
4 de maio de 2016

Atuais líderes de suas respectivas categorias, Nogueira e Pereira são os mais próximos do título

As emoções estiveram à flor da pele nas duas categorias que valeram pela 3ª etapa do KAFU 2016: Taça Premosalto /El-Canal.

Mesmo ainda não atingindo o status de um campeonato famoso, o KAFU está proporcionando a todos os competidores um verdadeiro tira teima de quem é o melhor nas diversas pistas que o campeonato acontece em seu calendário desde 2011.

Tudo aconteceu no templo do kartismo nacional: Interlagos. O clima era de tensão. Todos estão apreensivos para a última e decisiva etapa que decidiria os campeões das duas categorias e os levaria para um Track Day à bordo de um Formula Vee Brasil em Piracicaba.

O KAFU foi o primeiro campeonato amador a oferecer tal prêmio. Outros torneios estão começando a fazendo o mesmo caminho… uma ótima medida a ser adotada e quem ganha com isso são os pilotos.

Vamos ver o que houve de melhor nas duas corridas que aconteceram no último dia 24/04 em Interlagos.

Graduados B

Muitos apostavam na vitória de Luis Hill, o pole, pois o piloto já havia provado em Paulínia que quando tem um equipamento bom é rápido. Porém, na largada, Thiago Biscassi roubou a ponta e disparou à frente de Alex Souza (Xdrivers), Vitor Quadros e Caio Pinotti. Azar de Vitor Quadros, que logo no início rodou após toque involuntário do meio do pelotão. E olha que voltou a corrida tirando certo prejuízo.

Tudo parecia estar escrito quando o inacreditável aconteceu: Caio Teixeira e Everson Nishioka que estavam na ponta do campeonato tiveram problema nos karts ao mesmo tempo! Os karts simplesmente apagaram! Ninguém que assistia a corrida acreditava no que acontecia. Melhor para Peterson Dias, Jonathan Magalhães e Caio Pinotti.

Alias estes três chegaram no pessoal da ponta juntamente com Fabio Nogueira e fizeram uma corrida fantástica, captando toda a essência do KAFU nesta etapa. Um dos que mais remaram na briga pelo pódio foi Luiz Feitoza, piloto de Itu, que durante toda a corrida foi para cima do quinteto e seguiu a sombra de Fábio Nogueira.

O resultado não poderia ser outro: vitória espetacular de Nogueira, seguido de Feitoza, Jonathan Magalhães em brilhante recuperação e pilotando muito, Caio Pinotti (mesmo com forte gripe) em 4º e Peterson da Xdrivers em 5º.

Abaixo a classificação, onde 7 pilotos tem chances de ser campeão, nos mostra um novo líder e o prejuízo que Everson e Caio tiveram nesta etapa. A grande vantagem é que largam na frente em Nova Odessa enquanto os demais querem um pódio na despedida da temporada.

Graduados A

Aqui a conversa foi outra… ótimos pilotos reunidos com karts parelhos e com grid invertido. A largada lançou Everton Borges e Rodrigo Amarante na frente de 26 pilotos e a partir daí foi até tranquilo para eles, mas péssimo para os demais . A curva do sol separou os pilotos em dois grupos, mas sem salvar alguns de várias advertências após alguns choques.

Não demorou muito para que Mauricio Pereira ultrapassasse Amarante e fosse para cima de Everton na mesma volta. Everton ainda tentou espremer o campeão mundial para perder a tangência na curva que antecede a reta, mas a manobra não deu certo e Pereira foi firme e forte para vencer a etapa de Interlagos e dominar a classificação geral.

Giovanni Ballarin, que era segundo lugar na classificação, teve mais trabalho na corrida. Brigou de maneira intensa com Everton, Amarante, Fabio Andrade e Henrique Bolognhesi. Everton segurou o quanto pode a 2º posição até ser atingido por Balarin e perder a posição de todos estes pilotos.

Fabio Andrade até que conseguiu passar Ballarin e se manter à frente durante várias voltas, até que rodou sozinho após acelerar um pouco mais em cima da zebra.  Esse embolado de karts trouxe Alessandro de Freitas e Gustavo Aldegheri lá de trás para brigar de igual para igual . E não é Alessandro de Freitas conseguiu? Negociou as ultrapassagens com cuidado e chegou em segundo lugar. Ballarin foi o 3º, Rodrigo Amarante foi o quarto na pista, mas uma advertência o tirou do pódio. Melhor para os dois pilotos da equipe James Hunt: Aldegheri e Everton (o Palica) que por milésimos de segundo decidiram o quarto lugar. Melhor para Gheri. Palica foi o quinto.

A grande final já tem dia, horário e local para conhecer os seus campeões: será em Nova Odessa no dia 19/06 às 10 horas com traçado exclusivo e muita festa.

Prestes a terminar a temporada 2016, os organizadores do KAFU já anunciaram seu retorno em 2017 que inclusive já tem local para abertura do campeonato. Será no Kartódromo de Valinhos. Os representantes do campeonato já está se mexendo para trazer várias mudanças para o próximo ano e agradar ainda mais os pilotos para a temporada que vem por aí. Fique ligado. O ClickSpeed te informa de todas as novidades para 2017 do KAFU!

 

Imagens: Abraão Junior



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: