F4 Sul-americana: Rodrigo Pflucker confirma boa fase e vence na Argentina

Fórmula |
14 de setembro de 2015

Peruano escapa dos acidentes do início da corrida, toma a ponta e conquista sua segunda vitória na categoria; uruguaio Juan Manuel Casella e brasileiro Pedro Caland vão ao pódio

O piloto Rodrigo Pflucker confirmou sua boa fase e venceu neste domingo a segunda prova da quinta etapa da F4 Sul-americana e da segunda rodada da Copa Argentina, que aconteceu neste domingo no Autódromo Santiago “Yaco” Guarnieri, em Chaco, na Argentina. Foi a segunda vitória do peruano na categoria, já que havia vencido uma das provas de Córdoba na etapa passada. Com o resultado, Pflucker mantém o terceiro posto na classificação, mas passa agora a ser concorrente direto ao título. Além disso, reassumiu a ponta na Copa Argentina, o minitorneio composto pelas três corridas que acontecem no país vizinho e que dará um prêmio de 50 mil pesos argentinos ao vencedor (cerca de cinco mil dólares). O uruguaio Juan Manuel Casella e o brasileiro Pedro Caland fecharam o pódio.

Quem não se deu bem na prova deste domingo foi o líder do campeonato e vencedor da corrida de sábado, o brasiliense Pedro Cardoso. Largando da sexta posição, Cardoso se envolveu em um toque com Federico Iribarne e abandonou a disputa. Por esse acidente, a direção de prova decidiu excluir o argentino, que também deixou a corrida. O pole Leandro Guedes foi outro que abandonou logo após a largada por conta de um toque no começo da prova. Caland, que partiu em segundo, se aproveitou e rapidamente pulou para a ponta. Foi perseguido por Pflcuker, Casella, Bruna Tomaselli, Baltazar Leguizamón, Lorenzo Mauriziano, Federico Iribarne e Daniel Duarte. O peruano, no entanto, pressionou o brasileiro e assumiu a dianteira. Porém, logo depois, o Safety Car foi acionado para a retirada do carro de Guedes.

Com pista limpa e todos reagrupados novamente, a bandeira verde foi acionada e Pflucker manteve a ponta, começando a abrir vantagem de Caland e Casella.A briga pela segunda posição foi intensa. No fim da prova, em manobra bem-sucedida, o uruguaio conseguiu a ultrapassagem sobre o brasileiro e foi ao segundo posto. Caland, em terceiro, manteve a posição e conquistou seu primeiro pódio na categoria. Quem chamou a atenção nesta prova foi o estreante Leguizamón, que recebeu a bandeirada em quinto, uma posição atrás da catarinense Bruna Tomaselli, que terminou a corrida mais uma vez na quarta posição. O chileno Mauriziano cruzou em sexto. Daniel Duarte não completou a prova por conta de uma rodada.

Após cinco etapas, Pedro Cardoso ainda mantém a ponta na tabela de classificação da temporada com 164 pontos.A vantagem para o vice-líder, no entanto, caiu para apenas oito, já que Juan Manuel Casella foi para 156. Rodrigo Pflucker é o terceiro com 132. Na Copa Argentina, o peruano está na ponta com 78 pontos contra 65 de Casella. Cardoso aparece na terceira posição com 59 pontos. Restam apenas três rodadas duplas para o fim do campeonato. A próxima etapa da F4 Sul-americana acontecerá nos dias 2, 3 e 4 de outubro, no Autódromo Termas de Río Hondo, na Argentina.

Rodrigo Pflucker: “Estou muito satisfeito com mais uma vitória na categoria. Foi uma prova competitiva, com bastante alternativas. Assumi a ponta e me preocupei em mantê-la até o final. Foi um fim de semana excelente porque fomos ao pódio na corrida de ontem, com o terceiro lugar, e ganhamos hoje. Estamos em terceiro no campeonato e voltamos à liderança da Copa Argentina. Quero levar toda essa alegria para o Peru e comemorar com minha família”.

Juan Manuel Casella: “Conquistamos mais um pódio e estou feliz por isso. Tenho que seguir dessa maneira, sempre pontuando entre os primeiros e assim continuo na briga pelo título. Vamos à etapa de Termas de Río Hondo em busca das vitórias. Quero a liderança da competição”.

Pedro Caland: “O resultado foi muito bom, tendo em vista que estava em primeiro e pude aproveitar bastante. Perdi duas posições para pilotos com mais experiência, mas mesmo assim terminamos no pódio e estou muito feliz. Vou comemorar e quero agradecer ao meu pai e a todos da F4 Sul-americana”.

Resultado da segunda corrida:
1) Rodrigo Pflucker (PER) – 21min25s745
2) Juan Manuel Casella (URU) – a 3s916
3) Pedro Caland (BRA) – a 5s224
4) Bruna Tomaselli (BRA) – a 6s004
5) Baltazar Leguizamón (ARG) – a 7s624
6) Lorenzo Mauriziano (CHI) – a 22s311
Não completaram
Daniel Duarte (BRA)
Leandro Guedes (BRA)
Pedro Cardoso (BRA)
Federico Iribarne (ARG)

Classificação do campeonato:
1) Pedro Cardoso (BRA) – 164 pontos
2) Juan Manuel Casella (URU) – 156 pontos
3) Rodrigo Pflucker (PER) – 132 pontos
4) Pedro Caland (BRA) – 97 pontos
5) Leandro Guedes (BRA) – 92 pontos
6) Federico Iribarne (ARG) – 62 pontos
7) Diego Muraglia (URU) – 55 pontos
8) Francisco Cammarota (URU) – 45 pontos
9) Agustín Lima Capitao (ARG) – 42 pontos
10) Bruna Tomaselli (BRA) – 36 pontos
11) Lorenzo Mauriziano (CHI) – 32 pontos
12) Nicolás Muraglia (URU) – 30 pontos
13) Maximiliano Soto Zurita (CHI) – 27 pontos
14) Baltazar Leguizamón (ARG) – 14 pontos
15) Daniel Duarte (BRA) – 8 pontos
16) Jorge Matos (EQU) – 6 pontos

Classificação da Copa Argentina:
1) Rodrigo Pflucker (PER) – 78 pontos
2) Juan Manuel Casella (URU) – 65 pontos
3) Pedro Cardoso (BRA) – 59 pontos
4) Pedro Caland (BRA) – 43 pontos
5) Bruna Tomaselli (BRA) – 36 pontos
6) Federico Iribarne (ARG) – 29 pontos
7) Leandro Guedes (BRA) – 29 pontos
8) Maximiliano Soto Zurita (CHI) – 27 pontos
9) Baltazar Leguizamón (ARG) – 14 pontos
10) Lorenzo Mauriziano (CHI) – 8 pontos
11) Daniel Duarte (BRA) – 6 pontos

Texto: Ricardo Montesano
Foto: Divulgação



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: