F4 Sul-americana: “A categoria me ensinou como piloto e como pessoa”, afirma Juan Manuel Casella

Fórmula |
26 de novembro de 2015

Uruguaio é terceiro colocado na classificação e precisa descontar uma diferença de 71 pontos para ser campeão da categoria continental

Juan Manuel Casella permaneceu entre os dois primeiros colocados na temporada da F4 Sul-americana durante boa parte do ano. No entanto, na etapa de Cascavel, o piloto de 17 anos não teve um fim de semana bom e foi ultrapassado pelo peruano Rodrigo Pflucker. O uruguaio tem 181 pontos contra 252 do líder Pedro Cardoso, mas não joga a toalha e sabe que tem condições de conquistar o título no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR), palco da decisão nos dias 4, 5 e 6 de dezembro. A pontuação da rodada dupla será dobrada.

Como está sendo a sua preparação para a última etapa do ano?
JMC: Estou treinando diariamente na academia e no simulador para poder chegar bem para a definição do campeonato. Vai ser uma etapa emocionante e espero curtir bastante.

Qual será o principal fator para a definição do título?
JMC: Temos que estar 100% preparados para o fim de semana, aproveitar todos os treinos e as informações passadas pelos engenheiros da Fórmula 4. Desta forma, estaremos na frente.

Qual foi a melhor corrida que você teve no ano?
JMC: A melhor corrida foi em Córdoba, onde terminei em segundo lugar. Foi uma prova muito disputada com Rodrigo Pflucker e cruzamos bem perto a linha de chegada. Espero que a melhor prova seja em Londrina, a próxima etapa.

Você imaginava no início do ano que terminaria a temporada com chances de ser campeão?
JMC: A ideia desde o início foi brigar pelo campeonato, mas na primeira etapa terminei em quarto lugar nas duas corridas e me dei conta de que não seria um ano fácil. Por sorte, chegamos até aqui com chances de ser campeão, então estou contente.

Independente do resultado do fim de semana, você aprova sua temporada na F4 Sul-americana?
JMC: Estou muito feliz porque a F4 me ensinou muitas coisas como piloto e como pessoa. A categoria dá possibilidade ao piloto de conhecer diversas pistas de primeiro nível. Tomara que encontre outra categoria tão bem organizada como essa para seguir minha carreira.

 

 

Fonte: Ricardo Montesano
Foto: Divulgação



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: