Em etapa de altos e baixos, Yuri Alves volta a vencer para manter liderança na Rotax DD2

Kart |
18 de março de 2016

Piloto teve dificuldades na primeira bateria, mas conseguiu recuperação na prova seguinte pela 2ª etapa da Copa SP Granja Viana

 

O atual campeão da categoria Rotax DD2 não teve vida fácil nessa 2ª etapa da Copa São Paulo de Kart KGV. Duas semanas depois de uma estréia perfeita, Yuri Alves voltou ao kartódromo internacional Granja Viana a fim de continuar somando pontos para se manter na liderança, só que dessa vez alguns percalços atrapalhariam o piloto.

Antes mesmo do qualify, Alves se queixava no equipamento. “Ainda estamos ajustando o kart, não está 100%, está sem frente e o motor não está tão bom”, assumiu o dono do kart #35.

Com essas dificuldades técnicas, Yuri arrancou um 5º melhor tempo geral no qualify, ficando atrás de seus principais adversários ao título como Rubens Barrichello, Marcel Coletta e Alberto Catucci.

Precisando recuperar posições caso quisesse manter a boa campanha, Yuri teve dificuldades no começo na primeira bateria. Sofreu uma batida e caiu para 7º. Voltou para a prova e conseguiu se recuperar parcialmente, ficando em 6º na 2ª volta.

Na 3ª volta, ultrapassa Diego Lozov voltando para a posição de largada: 5º. A partir daí começou a perseguição para cima do kart #00 de Alberto Catucci. Yuri até consegue a ultrapassagem na volta 4, mas em seguida levou o “X” e Catucci recupera sua posição.

No final termina assim: Fernando Guzzi em 1º, Marcel Coletta em 2º, Rubens Barrichello em 3º, Alberto Catucci em 4º e Yuri Alves em 5º.

Com esses resultados, Yuri ainda era o líder da DD2, mas se as posições se repetissem, a ameaça de perder a ponta se tornaria cada vez mais eminente.

Sabendo disso, Yuri voltou muito mais agressivo e rápido para a segunda bateria. Largando em 5º, Alves começou na cola dos líderes. Já na 2ª volta, Yuri passa Alberto Catucci que tanto perseguiu na 1ª bateria.

Na volta seguinte, Alves já figurava na vice-liderança, fazendo tempos mais baixos que o líder Fernando Guzzi. Parecia questão de tempo para Alves assumir a ponta.

E o tempo exato que isso aconteceu foi no começo da volta 6. Seu principal rival, Barrichello também avançava, estava em 3º, mas na segunda metade da prova enfrentou problemas de rendimento no kart e começou a perder posições.

Mas mesmo com o equipamento perfeito, dificilmente Barrichello ou qualquer outro piloto alcançaria Yuri. O líder da temporada parecia voltar a sua performance habitual, apagando o 5º lugar que ficou na 1ª corrida. Faltando 5 voltas para o fim, Yuri já estava com uma boa vantagem. Na última volta até precisou passar um retardatário.  Recebeu a bandeirada 2 segundos antes do 2º colocado Guzzi.

A 2ª etapa para Yuri Alves teve momentos complicados e outros tranquilos. Mesmo com alguns sustos, o 5º e o 1º lugar deram ao piloto carioca os pontos necessários para a sua manutenção na liderança da categoria.

Yuri volta a competir na Copa São Paulo no dia 9 de abril, etapa que marca o fim do Torneio de Verão, quando poderá levantar seu primeiro título da temporada. Dessa vez, o palco será o kartódromo internacional de Interlagos.

 

 Foto: Mister Shadow



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: