Di Grassi dispara contra acordo Petrobras/McLaren

Fórmula |
22 de fevereiro de 2018

Atual campeão da Fórmula E cobra de empresa maior apoio ao automobilismo nacional: “é um absurdo”

Um dia após o anúncio do acordo de parceria e patrocínio da Petrobras com a McLaren, um dos principais pilotos do automobilismo brasileiro se manifestou contra o novo negócio. Lucas di Grassi se disse insatisfeito com decisão da empresa brasileira, pelo fato de a McLaren não apoiar nenhum piloto do Brasil atualmente no cenário mundial.

O atual campeão da Fórmula E cobrou da Petrobras um maior apoio aos jovens brasileiros que tentam chegar ao nível mundial em vez de se juntar a uma empresa estrangeira sem conexões com o Brasil.

“A Petrobras, uma empresa estatal, patrocinar uma equipe de F1 inglesa, sem nenhuma conexão com o Brasil, ou pilotos brasileiros, é um absurdo completo”, disse Lucas em seu Twitter.

Principalmente porque o automobilismo nacional sofre tanto e poucos talentos têm qualquer ajuda para começar a carreira.

Meu ponto é, como estatal e falida, eu não quero ver $ de impostos gastos com Formula 1 ou outro automobilismo qualquer. Mas se for fazer de qualquer jeito, faça apoiando o Brasil ou brasileiros, completou.

Fonte: Motorsport.com

Fotos: Audi/Divulgação e Di Grassi/Twitter



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: