CKB Light: Luis Miranda se recupera da etapa anterior e vence 7ª etapa sem dar chances aos adversários

Kart Amador |
3 de setembro de 2015

A 7ª etapa da categoria Light da Copa KART BRASIL foi disputada no ensolarado domingo de 23 de agosto no Kartódromo Internacional Nova Odessa, totalizando 23 voltas de corrida no traçado Suzuka, o qual foi percorrido no sentindo horário. A “joker lap” (uma volta obrigatória percorrida em um trecho diferente do usado nas demais voltas) foi determinada para logo antes da reta dos boxes e rendia uma vantagem de cerca de 3s. Participaram dessa etapa 23 pilotos. Gustavo Valente e William Alves fizeram as suas estreias no campeonato. Francisco Alex de Souza, Peterson Dias, Thiago Sanches e Marco Antonio Moraes correram como convidados; aqueles não marcam pontos no campeonato e nem têm direito à premiação. Aroldo Ribeiro da Costa Filho não participou desta etapa.

 

Luis Miranda largou da pole-position e dominou a prova inteira, além de largar na pole-position. Com o resultado Luis disparou na liderança do campeonato. Rodrigo Amarante obteve a 2ª colocação defendendo-se de Caio Gomes por boa parte da prova e repetiu o resultado da 2ª etapa; suas melhores colocações na temporada. Seu bom desempenho lhe manteve na 3ª posição no campeonato, mais próximo do vice-líder Everton Borges, o 14º colocado na corrida. Caio Gomes obteve o 3º lugar, mantendo-se próximo de Amarante a espera de um erro dele por boa parte da prova, e continua em 4º no campeonato. Fernando Baraban Gonçalves foi o 4º colocado conquistando o seu 3º pódio do ano, depois de ter sido o 2º na 3º prova e o 5º na 5ª etapa. Teve boa disputa com Roberto Sarafian, o 6º colocado.

 

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

 

Tomada de Tempos

 

Luis Miranda (24 – foto acima) cravou o tempo de 54.504 em sua 5ª volta no treino classificatório de 07 minutos para assegurar a pole-position, uma diferença a seu favor de 0.351 em relação ao tempo de 54.855, marcado por Rodrigo Amarante em sua 3ª passagem válida na cronometragem. Os integrantes da 1ª fila foram os únicos pilotos a marcar tempos abaixo da barreira dos 55s. Caio Gomes assegurou o 3º lugar no grid de largada com o tempo de 55.250, tendo ao seu lado na 2ª fila Fernando Baraban, com o tempo de 55.263, muito próximo do de Caio e obtido na sua 7ª e última volta. Fábio Nogueira alinhou na 5ª posição, com 55.371 dividindo a 3ª fila com Patty del Corona, com 55.455, com que duelou pela 2ª colocação durante a corrida da etapa anterior.

 

Everton Borges obteve o 7º posto na grelha de partida com o tempo de 55.511, adiante de Roberto Sarafian, com 55.562. Gustavo Valente, com 55.604 e Andreo Pizani, com 56.642 dividiram a 5ª fila. William Alves obteve o 11º lugar no grid de largada, com 55.701, à frente de Fabrício Reis, com 56.055. Henrique Bolognesi largou da 13ª posição, com 56.070, ao lado de Leandro Baraban, com 56.233. Do 15º posto partiu Josimar Castro, com 56.244, adiante de Robson Fernandes, com 56.268. Beto Carpini, com 56.460, e Luis Feitoza, com 56.695, dividiram a 9ª fila e largaram adiante de Lelis Cavallaro, com 56.824; e Francisco Alex de Souza, o 20º colocado, com 57.465. Peterson Dias, com 57.465; Thiago Sanches, com 58.079; e Marco Antonio Moraes, com 01:02.030, completaram o pelotão.

 

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

 

Corrida

 

Luis Miranda largou bem e se manteve à frente do pelotão fechando a 1ª volta seguido de Fernando Baraban, que largou na 4ª colocação e passou ao lado de Caio Gomes na marcação da cronometragem. Rodrigo Amarante caiu da 2ª posição na largada para a 4ª. Roberto Sarafian ganhou 3 posições para surgir em 5º lugar, adiante de Patty del Corona, Andreo Pizani, Fabrício Reis, Fábio Nogueira e de Everton Borges, que fechava os 10 primeiros. Henrique Bolognesi vinha a seguir adiante de William Alves, Gustavo Valente, Leandro Baraban e Peterson Dias. A partir da 16ª colocação concluíam o grupo: Beto Carpini, Josimar Castro, Luiz Feitosa, Lelis Cavallaro, Francisco Alex de Souza, Thiago Sanches, Marco Antonio Moraes e Robson Fernandes.

 

Na 2ª volta estava liberada a joker la, imediatamente efetuada por Luis Miranda e por Roberto Sarafian, que pulou da 5ª posição na volta anterior para a 2ª colocação no fechamento do 2º giro, adiante de Rodrigo Amarante (que ultrapassou Caio Gomes na reta dos boxes), Caio e Fábio Nogueira, que também fez a sua joker lap. Fernando Baraban surgia em 6º lugar adiante de outro piloto que também já cumprira a sua joker lap, Everton Borges. Na 3ª volta fizeram as suas joker laps: Fernando Baraban, Fabrício Reis, Henrique Bolognesi, Leandro Baraban e Lelis Cavallaro. Na 4ª volta foi a vez de Patrícia del Corona, Andreo Pizani, Peterson Dias, Josimar Castro, Francisco Alex de Souza, Robson Fernandes, Thiago Sanches e Marco Antonio Moraes cumprirem as deles.

 

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

 

Rodrigo Amarante e Caio Teixeira foram os últimos entre os 10 primeiros a cumprirem suas joker laps, respectivamente na 6ª e na 7ª voltas, fixando o panorama da corrida com a liderança de Luis Miranda, que era seguido por Rodrigo Amarante, Caio Gomes, Roberto Sarafian e Fernando Baraban, os 5 ponteiros. Patty del Corona ocupava a 6ª posição adiante de Andreo Pizani, Fábio Nogueira (#31 – foto acima), Henrique Bolognesi (#22) e Fabrício Reis (#05). Na 11ª colocação surgia Gustavo Valente, fazendo uma boa estreia, à frente de Everton Borges, William Alves, Leandro Baraban e Peterson Dias, que concluía os 15 primeiros. Luis Feitoza vinha a seguir adiante de Beto Carpini, Lelis Cavallaro, Francisco Alex de Souza, Robson Fernandes, Thiago Sanches e Marco Antonio Moraes.

 

Com 10 voltas completadas Luis Miranda seguia tranquilo à frente dos demais. Rodrigo Amarante permanecia na 2ª colocação logo à frente de Caio Gomes. Em uma bela disputa pela 4ª colocação Fernando Baraban conseguiu efetuar a ultrapassagem sobre Roberto Sarafian nessa volta. Logo atrás deles, Patty del Corona fez o mesmo em relação à Fábio Nogueira pelo 6º posto, reeditando a batalha entre eles na etapa anterior; daquela vez pela 2ª colocação. Henrique Bolognesi havia superado Andreo Pizani na 8ª volta na briga pelo 8º lugar. Gustavo Valente passou a ocupar a 10ª colocação na 9ª volta quando Fabrício Reis (o vencedor da etapa anterior), o 10º colocado então, teve problemas com o freio de seu kart dirigindo-se aos boxes para efetuar a troca do equipamento.

 

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

 

A corrida prosseguiu até que William Alves fosse o último piloto a cumprir a joker lap no 12º giro (o penúltimo foi Luis Feitoza, no 8º). Na 14ª volta Luis Miranda ainda comandava a prova enquanto a briga pelo 2º lugar continuava indefinida envolvendo Rodrigo Amarante e Caio Gomes. Logo atrás Fernando Baraban e Roberto Sarafian se ocupavam em duelar pelo 4º posto, já um pouco distantes do trio que batalhava sem tréguas pela 6ª posição formado por Patty del Corona (#21 – foto acima), Fábio Nogueira, (#31) e William Alves (#17). Henrique Bolognesi, Andreo Pizani e Gustavo Valente vinham nessa ordem na batalha pela 9ª colocação. Andreo Pizani perderia a 10ª posição para Gustavo Valente na volta seguinte.

 

Assim, na 15ª volta atrás de Andreo surgia Leandro Baraban na 12ª colocação, seguido do piloto convidado Peterson Dias, o 13º. Curiosamente quem fez o convite para Peterson participar dessa etapa foi o vice-líder da classificação do campeonato Everton Borges, o 14º colocado àquela altura da prova. Na 15ª posição aparecia Luis Feitoza, adiante de Josimar Castro, Beto Carpini, Robson Fernandes e de Lelis Cavallaro, que corria com 10kg de lastro desnecessários, uma vez que foram utilizados no kart na bateria anterior e por engano foram mantidos. Fabrício Reis ocupava a 20ª colocação após ter sido obrigado a trocar de kart. Francisco Alex de Souza, Marco Antonio Moraes e Thiago Sanches, que faziam as suas estreias na categoria, fechavam o pelotão.

 

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

 

No terço final da corrida Luis Miranda continuou soberano para cruzar a linha de chegada com uma vantagem de cerca de 10s para Rodrigo Amarante. Manteve em um ritmo seguro, já não andando tão rápido quanto fazia até a metade da prova, administrando o equipamento. Rodrigo Amarante era seguido de perto por Caio Gomes, que esperava uma brecha para atacá-lo no finalzinho, sem lograr êxito. Fernando Baraban cruzou a quadriculada já distante cerca de 5s de Fernando, com Roberto Sarafian em sua cola. Patty del Corona venceu a disputa com Fábio Nogueira e William Alves pela 6ª colocação, mas, infelizmente, foi desclassificada da prova na pesagem dos 6 primeiros por não ter atingido o peso mínimo de 90kg previsto no regulamento para os pilotos da categoria.

 

Com a desclassificação de Patty, Fábio Nogueira passou a ser o 6º colocado no resultado oficial da etapa sem ter arrego de William Alves, ambos cruzando a linha de chegada praticamente juntos. Henrique Bolognesi (#22 – foto acima) trouxe consigo até o final Gustavo Valente (#10) para ser o 8º. Andreo Pizani (#50) terminou em 10º lugar. Leandro Baraban, Peterson Dias, Luis Feitoza e Josimar Castro fecharam os 15 primeiros. Everton Borges, Beto Carpini, Robson Fernandes e Fabrício Reis vieram a seguir completando a prova na mesma volta do líder. Lelis Cavallaro foi o 19º colocado, adiante de Francisco Alex de Souza, Thiago Sanches e Marco Antonio Moraes. Não houve punições por atitudes anti-desportivas nesta etapa.

 

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

 

Resultados

 

Luis Miranda se recuperou muito bem nesta etapa do abandono na prova anterior por quebra do equipamento (quando ocupava a 2ª colocação). Luis venceu de forma convincente, sem dar chances a ninguém desde a tomada de tempos. Fez uma corrida consciente, livre de erros e controlou o seu ritmo no terço final quando já tinha construído uma vantagem confortável para os demais adversários. Luis comemorou muito (foto acima) ao cruzar a quadriculada, principalmente por ter conseguido dar a volta por cima em relação ao azar da etapa anterior. Com o resultado, isolou-se ainda mais na liderança do campeonato e segue a passos largos em rumo ao título faltando 4 etapas. Por outro lado, daqui para adiante é o piloto a ser batido, o “inimigo nº1”. E não deverá ter vida fácil em sua luta para ser o campeão.

 

Rodrigo Amarante (#37 – foto abaixo) conquistou a 2ª colocação na prova depois de ter largado também nessa posição, mas teve trabalho na corrida para assegurá-la ao seu final. Amarante perdeu duas posições logo na largada para Fernando Baraban e Caio Gomes, superando Fernando e Caio ainda na 2ª volta, surgindo na 3ª colocação, recuperando a 2ª colocação na 6ª volta quando efetuou a sua joker lap e surgiu a frente de Roberto Sarafian, que havia feito a sua na 2ª volta e ocupava a 2ª posição. A partir de então, Amarante manteve-se em 2º lugar preocupado em defender-se de Caio Gomes que o perseguiu de perto até o final. Manteve na 3ª posição no campeonato, mais próximo do vice-líder Everton Borges, e é um dos pilotos que pode incomodar o reinado de Luis Miranda daqui para frente.

 

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

 

Caio Gomes (o 2º na foto acima) obteve a 3ª colocação nesta etapa largando do 3º lugar do grid e já ocupando na 1ª volta a 2ª colocação, passando pela cronometragem ao lado de Fernando Baraban, que registrou Fernando em 2º, mas Caio já estava a sua frente na 1ª curva. Na 2ª volta foi ultrapassado na pista por Rodrigo Amarante e Roberto Sarafian também surgiu à sua frente por ter efetuado a joker lap. Fernando Baraban e Patty del Corona fizeram suas joker laps na 3ª e 4ª voltas, relegando Caio para a 6ªª colocação. Caio ultrapassou Patty na 5ª volta subindo para o 5º lugar e efetuou a sua joker lap na 7ª volta, se estabelecendo na 3ª posição logo atrás de Rodrigo Amarante, o perseguindo até o final da corrida. Caio ocupa a 4ª posição no campeonato.

 

Fernando Baraban (#45 – foto abaixo) foi o 4º colocado e fez um início de prova muito bom, partindo também da 4ª posição no grid de largada. Fernando Baraban passou no ponto de cronometragem da pista em 2º lugar à frente de Caio Gomes na 1ª volta, mas já voltou para a 3ª colocação na entrada da 1ª curva e também perdeu a 3ª posição na 2ª volta para Rodrigo Amarante, caindo para a 6ª colocação, pois Roberto Sarafian e Fábio Nogueira fizeram suas joker laps e surgiram à frente dele. Fernando efetuou a sua joker lap na 3ª volta e passou a ocupar a 4ª colocação atrás de Luis Miranda, Roberto Sarafian e Rodrigo Amarante. Na 7ª volta caiu para a 5ª colocação quando Caio Gomes efetuou a joker lap o superando. Na 9ª volta ultrapassou Roberto Sarafian para garantir a 4ª colocação na corrida.

 

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

 

Roberto Sarafian (#07 – foto acima) foi o 5º colocado depois de largar partindo da 8ª posição e já ocupando a 5ª na 1ª volta. Efetuou a sua joker lap na 2ª volta e já aparecia em 2º lugar no fechamento dela. Na 7ª volta já havia sido superado por Rodrigo Amarante e Caio Gomes que efetuaram as suas joker laps aparecendo à sua frente. Resistiu até a 9ª volta adiante de Fernando Baraban, quando foi ultrapassado. Manteve-se na luta pela 4ª colocação até o final da prova. Com a desclassificação de Patty del Corona, por estar abaixo do peso permitido, a 6ª colocação foi conquistada por um consistente Fábio Nogueira, que largou da 5ª colocação, passou em 9º na 1ª volta, fez a sua joker lap na seguinte e travou com Patty e William Alves uma boa briga por pela 6ª posição durante a 2ª metade da corrida.

 

William Alves fez a sua estreia no campeonato e conseguiu a 7ª colocação na prova largando da 11ª posição. Teve uma boa disputa com Fábio Nogueira, Patty del Corona e Henrique Bolognesi após ter efetuado a sua joker lap na 12ª volta, o último piloto a cumpri-la na corrida. Apresentou um bom ritmo de corrida e cruzou a linha de chegada muito próximo de Fábio Nogueira. Melhor adaptado à categoria deverá “dar trabalho” nas próximas etapas pelo que mostrou em sua prova de estreia. Henrique Bolognesi foi o 8º colocado na quadriculada largando da 13ª colocação. Após a rodada de joker laps ser completada apareceu na 9ª colocação, que a manteve até o final, sendo promovido para o 8ª lugar com a desclassificação de Patty del Corona.

 

Gustavo Valente, piloto estreante, que assim como Williams Alves participará do resto da temporada, obteve o 9º lugar no resultado oficial da etapa arrematando uma boa estreia na categoria. Gustavo largou na 9ª colocação, caiu para a 13ª na 1ª volta e já efetuou a sua joker lap na seguinte, subindo para a 10ª colocação. Após a rodada de joker laps emergiu na 11ª colocação superando Andreo Pizani na 15ª volta para terminar na 10ª colocação na pista e ser promovido para 9º com a desclassificação de Patty del Corona por falta de peso. Andreo Pizani ficou com a 10ª colocação no resultado oficial. Largou em 10º lugar e já passou na 7ª colocação na 1ª volta. Depois da metade da prova ocupava a 10ª colocação na pista quando foi superado por Gustavo Valente.

 

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

Fotos: Camila Silvério
Texto: Marcio Gessoni



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: