Rafael Câmara sofre com batida e tem atuação apagada no Light

Kart |
1 de julho de 2015

Piloto de 10 anos foi o mais veloz nos treinos, mas não conseguiu concretizar bons resultados

Há exatas duas semanas para o início das disputas do Brasileiro de Kart o Kartódromo Aldeia da Serra recebeu neste sábado (27) as disputas da quinta rodada da Copa São Paulo Light de Kart. Mais de 100 competidores estiveram na pista que, pela primeira vez em sua história, recebeu uma rodada tripla do Light.

Pela categoria Cadete o piloto Rafael Câmara (Gmax Corp | Sabiá Racing), atual líder do Campeonato, chegou bastante animado para as disputas, principalmente por se tratarem de sua úlitma competição preparatóra para as disputas do Sul-Americano de Rotax e do Brasileiro.

Animado em realizar um bom trabalho o piloto e a equipe Sabiá Racing se empenharam muito nos treinos livres, dominaram várias sessões, mas, infelizmente um problema na tomada de tempos fez com que o piloto registrasse apenas a oitava marca, com o tempo de 48s381.

Depois do time conferir cada um dos componentes do kart Câmara chegou ao kartódromo na manhã de sábado para a disputa das três provas previstas. Apesar da posição de largada desfavorável o piloto sabia sua real condição de recuperação e, confiante, seguiu para as corridas. Foram três corridas que acabaram se desenhando de maneira completamente distintas.

Na primeira prova, após ser tirado da pista em um acidente que envolveu vários pilotos, Câmara ficou muito para trás do pelotão e, mesmo permanecendo na pista, não conseguiu se aproximar do grupo durante as dez voltas da bateria e, com isso, recebeu a bandeirada apenas na 16a posição.Na segunda prova, aí sim com a sua mais marcante característica, fez uma imponente prova de recuperação, superou nada menos que 13 concorrentes e recebeu a bandeirada na terceira posição. Com os karts dos primeiros colocados apresentando rendimentos muito próximos, Câmara esteve na última bateria sempre no primeiro pelotão e, ao final das 10 voltas, recebeu a bandeira quadriculada na quarta posição.

Pela soma dos resultados o piloto confirmou a sexta colocação na pontuação geral da etapa.

“Foi um fim de semana que começou bem para Rafa, mas, a batida na primeira bateria acabou por lhe tirar as chances de um bom resultado final. Ele fez o que gosta na segunda corrida, veio passando todo mundo e dando show. Na terceira corria, ali na frente já, ficou na tradicional briga do primeiro pelotão, mas, nas últimas voltas perdeu um pouquinho de rendimento, não conseguindo uma aproximação ideal para tentar a ultrapassagem”, comentou Sabiá, o chefe da equipe.

Texto: Flávio Quick e Fabíola Cadar
Foto: Cris Reis



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: