Próximo turno da Copa São Paulo de Kart terá categoria mirim separada de cadete

Kart |
29 de julho de 2015

Depois de acidentes, pedido feito por pais é atendido pela organização 

No regulamento anual divulgado pela CBA enquadram-se na categoria mirim pilotos que nasceram em 2007 e 2008. Na cadete são admitidos os nascidos nos anos de 2004 à 2006. Mas na Copa SP as duas categorias corriam juntas. Porém essa fusão tem os dias contatos. Em primeira mão, o portal ClickSpeed apurou que a organização do campeonato irá separar os dois grupos no 2º turno. A decisão foi tomada após pedido dos pais, que consideram a união das duas categorias na pista perigosa.

As queixas ganharam força após a 3ª etapa da Copa SP em abril deste ano. Os pilotos mirins ainda aprendendo a guiar o kart e, sem experiência, não conseguiam acompanhar os cadetes na pista. Por serem mais velhos e com um nível acima, estes precisavam desviar dos pilotos mirins retardatários nos fins das corridas.

Mesmo com o cuidado dos cadetes, alguns acidentes aconteceram. Pelos toques que recebiam, os mirins não eram sempre respeitados. Um piloto da categoria mirim capotou na entrada da reta em uma das provas. Este foi o estopim para a separação das categorias.

Três mirins entre os 10 primeiro, Enrico Martins #117 no centro largou em 4º, Heitor Abitante #18 à esquerda largou em 7º e Emmo Fittipaldi #1 à direita largou em 8º

Três mirins entre os 10 primeiro: Enrico Martins #117 no centro largou em 4º, Heitor Abitante #18 à esquerda largou em 7º e Emmo Fittipaldi #1 à direita largou em 8º

No primeiro turno da Copa SP já correram 23 cadetes e 13 mirins.  Nem sempre todos participaram de todas as corridas, mas a média ficava em torno de 25 a 30 pilotos quando as categorias estão juntas.

A medida é um benefício para alguns iniciantes. Com a separação, alguns pais que antes não deixavam os filhos participar pelo perigo agora repensam na possibilidade, pois com um grid menor, as duas categorias devem ser mais tranquilas.

Para Cleber Martins, pai do piloto da mirim Enrico, a medida é boa, mas por outro lado ter o filho correndo entre os maiores era bom para ganhar experiência: “Correr junto com a Cadete é bom, ele [Enrico] é tão rápido quanto os melhores da Cadete e está ganhando a experiência necessária para enfrentá-los na pista no ano que vem, porém para o campeonato deste ano não foi, com tanto enrosco o Enrico mal pode completar algumas corridas este ano e os pontos estão fazendo falta”.

Em uma prova Enrico acabou a corrida sem o bico do kart. E não foi só isso: 2 bicos, 2 eixos e 3 barras de direção contabilizaram o prejuízo total do piloto na 3ª etapa.

Enrico Martins #117 termina prova sem bico da frente de seu kart

Enrico Martins #117 termina prova sem bico da frente de seu kart

Texto: Juliana Bechelli – ClickSpeed
Foto: Reprodução



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: