Melhor brasileiro no Chile, Piquet Jr fica a uma posição dos pontos

Fórmula |
26 de janeiro de 2019

Competidor da Panasonic Jaguar Racing larga em 19º e termina o eP de Santiago em 11º

Nelsinho Piquet foi o melhor brasileiro na classificação final do eP de Santiago, mas ficou a uma posição dos pontos. Graças a uma prova de recuperação, o primeiro campeão mundial da Fórmula E largou em 19º e recebeu a bandeirada em 11º com o carro #3 da Panasonic Jaguar Racing.

A prova foi marcada por muito calor -37º na temperatura ambiente e 49º no asfalto-, carros tocando nos muros e alguns competidores acertando os concorrentes por trás nas freadas.

Piquet conseguiu superar as dificuldades mesmo largando do fundo do grid.

Após dez minutos vinha em 15º, cinco minutos mais tarde, com o modo ataque ativado avançou para 14º ao ultrapassar Felipe Massa.

A 26 minutos da abertura da volta final houve o primeiro “full course yellow”, com os carros obrigados a andar a 50 km/h para remoção de um carro quebrado.

No fim do período sob bandeira amarela, Piquet passou pela segunda vez pelo trecho de acionamento do modo ataque e estava perto de conquistar posições novamente quando a direção de prova determinou outra vez que os carros não superassem o limite de 50 km/h para resgate de outro carro estacionado.

A 14 minutos da volta final Nelsinho ganhou a posição de Buemi, após contato do suíço com um muro obrigar o segundo campeão da história dos carros elétricos a abandonar, subindo para 13º.

A três minutos da bandeirada Piquet recuperou uma posição em cima de outro carro e, na última volta, ainda fez outra ultrapassagem. Recebeu a bandeirada em 12º e a seguir foi promovido a 11º em virtude de punição imposta a outro competidor.

A próxima etapa da temporada 5 da FIA Fórmula E acontece no dia 16 de fevereiro, na Cidade do México.

“Foi uma corrida difícil. Imaginávamos que ia ter muito safety car, mas dessa vez foi full course yellow. A pista é muito difícil de ultrapassar, mais ainda quando o ritmo fica em alta velocidade, o que aconteceu no final depois das amarelas. Tive alguns erros durante a prova apertando os botões errados no volante. Isso me fez perder posições para o Turvey e para o D’Ambrosio. Então daria para ter conquistado pontos. Mas vamos continuar lutando sempre e melhorar na próxima etapa” encerrou o piloto.

Assessoria de Imprensa Nelson Ângelo Piquet

Foto: Alex Farias



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: