Lucas di Grassi vence pela primeira vez no Mundial de Endurance

Turismo |
9 de maio de 2016

Brasileiro, que forma o trio da Audi ao lado do francês Loïc Duval e do britânico Oliver Jarvis, venceu as 6 Horas de Spa-Francorchamps, na Bélgica, neste sábado (7)

Lucas di Grassi é o mais novo integrante do hall dos vencedores do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC). Na tarde deste sábado (7), na tradicional e desafiadora pista de Spa-Francorchamps, na Bélgica, o piloto da Audi Sport Team Joest – ao lado de Loïc Duval e Oliver Jarvis – venceu pela primeira vez na categoria e, assim, torna-se o primeiro brasileiro a conquistar a vitória geral em uma corrida válida pelo Mundial desde o retorno do World Endurance Championship ao calendário em 2012.

O Audi R18 #8 assumiu a liderança a pouco mais de duas horas do final das seis de corrida e não deu chances aos adversários. Em segundo lugar terminou o Porsche 919 de Romain Dumas, Neel Jani e Marc Lieb, duas voltas atrás do trio vencedor. A próxima etapa do Mundial acontece em pouco mais de um mês, e é justamente a mais desejada por todos os pilotos do grid: as 24 Horas de Le Mans, no dia 18 de junho.

A última vitória de um brasileiro no geral de uma corrida válida pelo Campeonato Mundial de Endurance aconteceu em 1987, justamente em Spa-Francorchamps, com Raul Boesel, à época em que a categoria se chamava World Sportscar Championship. O brasileiro venceu aquela prova ao lado de Martin Brundle e Johnny Dumfries, exatamente no ano em que o paranense conquistou o título. A categoria deixou de existir no final de 1992 e voltou no formato atual do Campeonato Mundial de Endurance (FIA World Endurance Championship) em 2012.

A trajetória de Lucas di Grassi no mundo das corridas de resistência entre protótipos foi iniciada no final de 2012 com uma participação nas 6 Horas de São Paulo, quinta etapa daquela temporada – e que estreou com pódio no terceiro lugar. Contratado para 2013, ele foi segundo colocado nas 12 Horas de Sebring (extra-campeonato) e terceiro colocado nas 24 Horas de Le Mans, tendo sido o estreante mais rápido da temporada.

Em 2014, Di Grassi passou a ser titular da equipe Audi e conquistou, então, o melhor resultado de um piloto brasileiro no geral das 24 Horas de Le Mans, com o segundo lugar. Vestindo as cores da Audi, o brasileiro conquistou sete pódios dentro do Mundial de Endurance (quatro terceiros e três segundos lugares).

A vitória conquistada na tarde deste sábado (7) no mítico circuito de Spa-Francorchamps coloca o trio formado por Lucas di Grassi, Loïc Duval e Oliver Jarvis na disputa pelo título da temporada agora em terceiro lugar na tabela – o time não completou a corrida de abertura da temporada em Silverstone.

Além dos números, o primeiro lugar deste sábado confirma a excelente fase vivida pelo piloto brasileiro, que vem de duas vitórias consecutivas na Fórmula E, onde também lidera o campeonato. Desempenho que tem rendido elogios da mídia especializada, e que o colocou entre os melhores pilotos do mundo em atividade.



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: