Guilherme Salas vence pela primeira vez na Copa Petrobras de Marcas

Turismo |
3 de agosto de 2015

Piloto da Onze Motorsports largou da pole position e não teve adversários com seu Chevrolet Cruze; Vitor Meira e Felipe Tozzo fecham os dois últimos degraus do pódio com Honda Civic

Guilherme Salas soube se aproveitar da condição de largar na pole position e garantiu a vitória na primeira corrida da quarta etapa da Copa Petrobras de Marcas, em Curitiba (PR). O piloto de Jundiaí (SP), que defende a Onze Motorsports de Chevrolet Cruze, cruzou a linha de chegada com mais de sete segundos de vantagem para Vitor Meira (Honda Civic), o segundo colocado. Foi a primeira vitória do atual campeão brasileiro de Turismo na categoria. Felipe Tozzo, também de Honda, completou o pódio.

Salas conquistou o que se chama, no automobilismo, de Grand Chelem, quando o piloto faz a pole position, vence liderando todas as voltas da prova e ainda marca a volta mais rápida da corrida. “Gostaria de agradecer ao Nonô, a equipe Onze Motorsports e a todos que estão envolvidos na minha carreira. No começo do ano tivemos algumas dificuldades, pois essa é uma equipe nova e uma categoria que, para mim, também era nova no início da temporada. Ao longo das etapas nós conseguimos evoluir e estamos vindo bem agora. Graças a Deus conseguimos a vitória e estamos dando continuidade na nossa evolução. Está todo mundo de parabéns”, comemorou Salas.

A prova deste sábado (1º) foi bastante movimentada. A largada foi limpa, sem problemas, mas com pouco mais de dois minutos de corrida Rodrigo Batista escapou da pista e logo voltou ao traçado. Atrás de Salas, duas boas brigas se desenhavam: Gabriel Casagrande atacou e ultrapassou Nonô Figueiredo para assumir a segunda posição com o Renault Fluence; e Felipe Tozzo tentava tomar a quarta posição de Vitor Meira.

Nonô, chefe e companheiro de equipe de Salas, teve um problema nos freios, rodou na entrada da curva zero e abandonou a corrida. Sua retirada forçou a entrada do safety car, já que logo depois Rubens Barrichello também parou com o Fluence apresentando problemas mecânicos próximo do S de Alta.

Durante o período de safety car, a sorte tanto de Salas como de Meira começou a se desenhar: Gabriel Casagrande, que se preparava para dar o bote no Chevrolet Cruze #12 quando a bandeira verde fosse retomada, parou na pista, também com problemas mecânicos; Vicente Orige, vice-líder do campeonato e companheiro de equipe de Vitor Meira, escapou da pista na primeira curva em uma disputa pela sexta posição com Cesar Bonilha (Ford Focus), e caiu da sétima para a 12ª posição.

Para Meira, mesmo terminando em segundo, um excelente resultado. “Muito positivo para a Honda, porque é muito importante terminar as corridas neste campeonato. Depois deste grande trabalho que a gente teve, estamos aí, e antes da corrida tínhamos quatro pontos de vantagem na liderança, e isso não é nada quando a vitória vale 23”, explicou.

“Então, tem que pontuar, terminar, tem que ter paciência. Hoje foi isso: paciência e precisão, porque quem vinha atrás estava rápido. Uma hora ou outra vai acontecer alguma coisa comigo em alguma prova e não vou pontuar. Então tem que colocar no banco para quando precisar, na hora do aperto, da crise – que é a palavra da moda ultimamente -, a gente ter um pouco de gordura para queimar e se permitir a essa situação. O Civic está excelente apesar do peso, e vamos para frente”, afirmou o brasiliense.

A segunda corrida da quarta etapa da Copa Petrobras de Marcas acontece na manhã deste domingo (2), às 10 horas (de Brasília). Com o grid invertendo os oito primeiros colocados, William Starostik larga em primeiro com Thiago Marques em segundo, formando a primeira fila só de Toyota Corolla. A prova será transmitida ao vivo pelo portal Terra na internet.

Confira o resultado da primeira corrida:
1-) 12 Gabriel Salas (Onze Motorsports/Chevrolet Cruze) – 17 voltas em 26min43s688 (média de 141,0 km/h)
2-) 3 Vitor Meira (JLM Racing/Honda Civic) 26min49s950 (a 6s262)
3-) 57 Felipe Tozzo (JLM Sport/Honda Civic)26min51s375 (a 7s687)
4-) 0 Gustavo Martins (JLM Sport/Honda Civic)26min51s819 (a 8s131)
5-) 17 Daniel Kaefer (RZ Motorsport Toyota/Toyota Corolla) 26min58s492 (a
4s804)
6-) 99 Cesinha Bonilha (Jupiter Racing Team/Ford Focus) 27min00s972 (a
7s284)
7-) 1 Thiago Marques (RZ Motorsport Toyota/Toyota Corolla) 27min02s490 (a
8s802)
8- ) 31 William Starostik (Toyota Bassani Racing/Toyota Corolla) 27min03s700
a 20s012)
9-) 9 Rodrigo Bapstista (Toyota Bassani Racing/Toyota Corolla) 27min07s473 (a 23s785)
10-) 88 Alberto Cattucci (KFF Pro Racing/Chevrolet Cruze) 27min07s743 (a 24s046)
11-) 8 William Freire (KFF Pro Racing/Chevrolet Cruze) 27min12s658 (a 28s970)
12-) 43 Vicente Orige (JLM Racing/Honda Civi-) 27min17s296 (a 33s608)
13-) 199 Marcelo Rocha (Jupiter Racing Team/Ford Focus) 25min38s073 (a 1
volta)
14-) 7 Beto Cavaleiro/Renan Guerra (C2 Team/Renault Fluence) 27min18s588 (a 1 volta)
15-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports/Renault Fluence) 24min34s986 (a 3 voltas)
NÃO COMPLETARAM (75%)
16-) 83 Gabriel Casagrande (C2 Team/Renault Fluence) 12min44s959 (a 9 voltas)
17-) 11 Nonô Figueiredo (Onze Motorsports/Chevrolet Cruze ) 7min26s739 (a 12 voltas)
18-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Renault Fluenc-) 7min54s220 (a 12 voltas)
Melhor volta: Guilherme Salas, 1min27s008, na segunda volta.

Texto: Eduardo Antonialli / Cleber Bernuci
Foto: Duda Bairros/Vicar



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: