Gabriel Gomez vence em Interlagos e mantém liderança na Cadete pela Copa São Paulo Light

Kart |
6 de abril de 2016

Somando 20 pontos nesta 3ª etapa, Gomez é o líder isolado da categoria

 

Reunindo quase 140 pilotos no maior templo do kartismo nacional, o Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, zona sul de São Paulo, a Copa São Paulo Light de Kart teve sua 3ª etapa neste sábado, 2. Depois de passar o feriado de Páscoa comemorando a liderança da categoria Cadete, Gabriel Gomez chegou à pista com a missão de manter os bons resultados na temporada e assim defender seu reinado.

Mas as coisas começaram complicadas para o catarinense. Na tomada de tempo, o piloto foi apenas o 5º mais rápido, porém sabia que tinha totais condições de render mais na corrida. Na largada, Gomez se saiu bem e logo subiu para a 3º posição. No decorrer da prova, Gabriel trocou diversas vezes de posição com Enrico Martins, João Victor Camargo e João Pinheiro Filho. No fim, depois de uma prova de muita paciência, Gomez soube usar sua experiência na Cadete e acabou beliscando o 2º lugar na primeira bateria, atrás apenas de João Pinheiro Filho.

Na segunda corrida, o grid invertido colocou Gomez para largar em 4º. Novamente seria uma corrida de paciência, esperando erros dos adversários e somado ao talento do líder da competição as ultrapassagens aconteceram. O catarinense foi subindo de posições gradualmente. Quando faltavam 3 voltas para o fim, Gomez se viu em confronto com um adversário não só da prova como no campeonato: Fabrício Fardim.

Muito rápido desde o início da prova, Fardim pressionou o líder João Camargo, Enrico Martins, mas quando viu Gomez a sua frente não conseguiu se dar tão bem como nas oportunidades anteriores. Gabriel Gomez assumiu a ponta na penúltima volta e de lá não saiu mais. Outra vitória na Copa São Paulo e mais 11 pontos no campeonato.

“Meu kart estava muito bom. Conseguimos um acerto perfeito e assim ir com tudo para a corrida”, conta Gabriel Gomez. Sobre a prova de paciência, o piloto de Santa Catarina fala como fica o lado psicológico durante a prova, principalmente no final, quando era pressionado pelo vice líder e viu a sua frente um retardatário: “Sempre procuro ficar tranquilo, mas quando vi o retardatário fiquei muito tenso. Achei que ele poderia nos atrapalhar e a gente perder tempo. Mas não, deu tudo certo e consegui passar e abrir”, finalizou Gomez.

Com o 2º e 1º lugar, Gabriel somou a maior pontuação que nenhum piloto até aqui no campeonato conseguiu chegar em uma única etapa: 20 pontos. Com essa bonificação, Gabriel Gomez é o líder isolado da categoria e agora espera o dia 14 de maio (sábado), para a 4ª etapa da Copa São Paulo Light para assim, continuar defendendo sua liderança.



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: