Fórmula 1 no deserto do Bahrein

Outros |
11 de abril de 2017

O Mundial de Fórmula 1 – 2017 terá sua terceira etapa, domingo, no circuito de Sakhir, a partir do meio dia (horário de Brasília). Depois de duas corridas com características muito diferentes –  Austrália e China – os prognósticos são imprevisíveis sobre a disputa entre Lewis Hamilton e Sebastian Vettel que dividem a liderança do campeonato com 43 pontos. Sem previsão de chuva no Bahrein, o trabalho de Max Verstappen será mais difícil.

 

Uma das questões da F1 é justificar as boas atuações de Max Verstappen já que o modelo RB13-Tag Heuer é menos veloz do que o SF70H da Ferrari e o W08 Hybrid da Mercedes. A explicação é simples: o piloto holandês está demonstrando cada vez mais talento e, como Ayrton Senna, sabe fazer da chuva sua aliada.

SAKHIR (BAHRAIN) – 03/04/2016
© FOTO STUDIO COLOMBO PER PIRELLI MEDIA (© COPYRIGHT FREE)

As equipes que lideram o Mundial não vão perdoar erros. Kimi Räikkönen teria sido convocado para uma reunião na Ferrari. Ele criticou o trabalho da equipe na corrida de Xangai mas a direção da Ferrari quer explicações porque o rendimento de Vettel tem se mostrado tão superior. E Valtteri Bottas se desculpou várias vezes do erro que cometeu quando a corrida estava sob o safety car. O finlandês rodou e não pôde ir além do sexto lugar na prova.

 

A grande reta do circuito chinês permitiu que os pilotos acelerassem muito. E quem alcançou a maior velocidade foi Felipe Massa com 336,4 km/h seguido por Valtteri Bottas com 336,0 km/h. Lewis Hamilton, o vencedor da prova, foi apenas o 15º. Mas foi dele a melhor volta da corrida: 1min35s378 contra 1min35s423 de Sebastian Vettel. Felipe Massa foi o 5º.

 

No Bahrein, depois de passar por um exame médico definitivo na quarta-feira, o alemão Pascal Wehrlein deverá voltar à Sauber, saindo o italiano Antonio Giovinazzi que bateu forte na China.

GP BRASILE F1/2015 – 14/11/15
© FOTO STUDIO COLOMBO PER PIRELLI MEDIA (© COPYRIGHT FREE)

Para a corrida do próximo domingo, a Pirelli escolheu pneus supermacios, macios e médios, os mesmos do ano passado. O vencedor, Nico Rosberg, fez três paradas para chegar à vitória.

 

No circuito do Bahrein, a Ferrari venceu quatro vezes só que a mais recente foi em 2010 com Fernando Alonso; a Mercedes venceu as três últimas – duas com a Lewis Hamilton e no ano passado com Nico Rosberg – e a Red Bull ganhou em 2012 e 2013 com Sebastian Vettel. Conclusão? Vettel e Lewis entram na pista como favoritos tanto no prognóstico do traçado como em relação às duas corridas já disputadas este ano, com uma vitória para cada um.  Em Sakhir, Felipe Massa tem duas vitórias: 2007 e 2008.

 

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece nos dias 10, 11 e 12 de novembro no autódromo de Interlagos, em São Paulo. Os ingressos para a corrida, informações e imagens em 360 graus dos setores estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br. O GP Brasil também está no Instagram e Facebook: gpbrasilf1.
Castilho de Andrade 

Diretor de Imprensa do GP Brasil de F1                                    



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: