F3 Brasil: Campeão da Light, Guilherme Samaia projeta título na categoria principal

Fórmula |
17 de dezembro de 2015

Após dominar e vencer a divisão de acesso, piloto de 19 anos inicia treinos com chassi Dallara F309 e promete brigar pelo campeonato em 2016

Mal terminou a temporada 2015 da F3 Brasil Light, Guilherme Samaia já inicia sua preparação de olho no campeonato do ano que vem. Campeão com 171 pontos e anunciado na equipe Cesário Fórmula para correr na divisão principal, o piloto de 19 anos não perdeu tempo e começou nesta semana seus primeiros testes com o chassi Dallara F309 no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia. O paulista treinou por dois dias no traçado goiano e pretende repetir o êxito alcançado em seu primeiro ano no automobilismo.

Bem adaptado ao novo equipamento, Samaia destacou as principais diferenças do modelo F309 da categoria A para o F301 da classe B. “É um carro que tem um pacote aerodinâmico mais moderno e apresenta câmbio sequencial. Ele é mais estável nas curvas por conta do downforce e vira cerca de um segundo e meio mais rápido do que o antecessor. A tocada muda um pouco por ser um carro mais preso ao chão. Mas de maneira geral não tem tanto segredo para quem vem da classe Light “, explicou Samaia.

 
O piloto, no entanto, sabe que na divisão principal a competitividade será ainda maior. “A categoria tem mais carros no grid e os pilotos são mais experientes. Por isso, vamos ter bastante trabalho para brigar pelo título. A experiência de um ano na Light com certeza vai me ajudar no campeonato do ano que vem. Vamos treinar bastante no início do ano para chegarmos bem preparados para a primeira corrida”, disse.

Samaia finaliza sua primeira temporada no automobilismo com saldo bastante positivo. Além do título, venceu oito provas em 16 corridas (50%) e liderou o campeonato de ponta a ponta. “Foi um ano fantástico, inesquecível para mim. Sempre quis correr de carro e tive esse sonho realizado. Quero agradecer a todos que contribuíram de alguma maneira para essa conquista, especialmente minha família, que sempre acreditou em mim. Vamos em busca do campeonato da categoria principal no ano que vem”, finalizou.

 

Números da temporada 2015:
1ª etapa (Curitiba) – 1 vitória e 1 abandono
2ª etapa (Velopark) – 2 vitórias
3ª etapa (Santa Cruz do Sul) – 1 vitória e 1 terceiro lugar
4ª etapa (Curitiba) – 1 vitória e 1 terceiro lugar
5ª etapa (Cascavel) – 1 vitória e 1 abandono
6ª etapa (Campo Grande) – 1 vitória e 1 segundo lugar
7ª etapa (Curitiba) – 1 segundo lugar e 1 terceiro lugar
8ª etapa (São Paulo) – 1 vitória e 1 abandono
Total: 8 vitórias, 2 segundos lugares, 3 terceiros lugares e 3 abandonos

 

Fotos: Luca Bassani



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: