Em noite de protagonismo, mulheres assumem os karts e dão show na Corrida das Princesas

Kart Amador |
20 de outubro de 2015

Prova que aconteceu neste sábado contou com um grid composto apenas por mulheres

Com uma nova e repaginada edição, a Corrida das Princesas 2015 contou com a organização do ClickSpeed e apoio das agências de modelos Pro Casting Eventos e E. T. Eventos.

Ao todo, 18 garotas participaram da Corrida e assim, tiveram a oportunidade de conheceram mais de perto todo o universo do kartismo e se aventurar nas pistas do Kartódromo Granja Viana.

Depois de uma semana de primavera muito quente que parecia verão, o sábado amanheceu com o tempo fechado e com ameaça de chuva para as próximas horas, inclusive durante corrida. Mas as meninas tiveram sorte. Apenas uma garoa fina, típica de São Paulo caiu momentos antes da prova, nada que prejudicasse o andamento e desempenho das pilotos. Quando entraram na pista, ela já estava seca.

O evento ainda contaria com a presença ilustre da pioneira da Stock Car Regina Calderoni, intitulada para ser a Madrinha da Corrida das Princesas, mas que infelizmente não pode comparecer por problemas pessoais de última hora. Se você ainda não conhece a história de Calderoni na Stock confira clicando AQUI.

Com ou sem Calderoni a corrida aconteceu. Mas antes disso, era hora da classificação.

A tomada de tempo seria um fator determinante no resultado final da prova. Renata Lopes parecia que sabia disso e se esforçou para conseguir cravar um ótimo tempo: 49.858. Era esse o tempo da volta mais rápida, marca que colocou Lopes na pole position da Corrida das Princesas.

Karts alinhados, bandeira agitada, foi dada a largada.

Mostrando que não havia dado sorte com a pole, Renata Lopes se impôs logo no começo da prova e não deixou o 1º lugar correr riscos. Fernanda Ignácio, que vinha logo atrás fazia sombra em Lopes e defendia a vice liderança do pelotão que chegava.

Depois de 21 voltas, vitória de Renata Lopes! A piloto comandou a prova soberana e teve ainda mais motivos para comemorar: fez a melhor volta da corrida, baixando ainda mais o tempo que a garantiu a pole. Na corrida alcançou um 47.670.

Em segundo lugar ficou Fernanda Ignácio. A irmã de Kleber Barcellos mostrou que o sangue da família é realmente poderoso quando o assunto é automobilismo. Fernanda comandou o kart #22 com maestria e mostrou que leva tanto jeito para o volante quanto o irmão, piloto da Pro 500.

Débora Papa que havia largado em 5º foi consistente e ganhou 2 posições ao longo da prova, terminando em 3º. Essas duas posições que Débora conseguiu foram as das irmãs gêmeas Jennifer e Stephanie Freytag. 4º e 5º lugar respectivamente. Fechou o pódio Rosiane Cardoso, que se beneficiou de uma espalhada de Josie e beliscou o 6º lugar.

Josie havia conseguido uma boa posição no pódio até que saiu da pista, acertou nos pneu de contenção e acabou ficando enroscada por um tempo neles. Foram segundos preciosos que lhe custaram muitas posições, inclusive a tirando do pódio.

 

Resultado final da corrida:

 

 

1 – RENATA LOPES
2 – FERNANDA IGNACIO
3 – DEBORA PASCHOAL
4 – JENNIFER FREYTAG
5 – STEPHANIE FREYTAG
6 – ROSIANE CARDOSO
7 – ELAINE CANDIDA
8 – ALESSANDRA ROSEN
9 – POLYANA VISSECHI
10- ERICKA PRISCILA
11- RANIA BARBOSA
12- MARJORE ALENCAR
13- PATRICIA CLARO
14- PRISCILA DIAS
15- OLIVIA RAYMOND
16- CARLA SCHIFF
17- JOSIE ALVES
18- CECILIA GALVANI

 

“O entrosamento foi legal pra me mostrar que além de mim existem outras mulheres que correm em campeonatos e arrebentam”, contou a vencedora Renata Lopes. A piloto normalmente corre em grids com homens e a Corrida das Princesas foi uma oportunidade de correr apenas com mulheres.  “Amei por um lado, porque sempre quis correr com mulheres. Pensei ‘enfim achei uma galerinha pra brincar’. Fiquei triste porque fiquei sabendo que só acontece uma por ano… O consolo é continuar correndo, mas com homens”.

Sobre a experiência de correr lado a lado dos homens, a campeã da Corrida das Princesas revela: “A dificuldade de correr entre homens conta muito. Nem sempre eles aceitam a ultrapassagem de uma mulher. Os lastros deixam o kart mais difícil de controlar, principalmente por causa da força que não se compara a de um homem. Então tiro meu chapéu para as mulheres que se destacam entre os homens. A dificuldade pra gente é dobrada!”, finaliza Lopes.

Devido ao sucesso da edição de sábado, a Corrida das Princesas acontecerá novamente em dezembro! Anote na agenda: sábado, dia 05 de dezembro, antes da última etapa do CCSKA, Corrida das Princesas 2015 – Segunda Edição! Nos vemos no Kartódromo Granja Viana!

 

Veja mais fotos da Corrida das Princesas Aqui

 

Texto: ClickSpeed
Foto: Emerson Santos – One Photography Media

 



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: