Dobradinha para o X Rally Team na etapa maratona

Rally |
6 de agosto de 2015

Cristian Baumgart/Beco Andreotti e Marcos Baumgart/Kleber Cincea colocaram os dois Ford Ranger Dakar V8 4×4 na primeira e segunda posições nos 587 km entre Três Lagoas (MS) e Euclides da Cunha Paulista (SP)

O Rally dos Sertões começa a se direcionar para o final, mas colocou competidores em uma situação que pode definir os rumos da prova. Nesta quinta-feira (6) foi disputada a etapa maratona, com 587 quilômetros entre Três Lagoas (MS) e Euclides da Cunha Paulista (SP), com 290 km cronometrados. A cidade, localizada no extremo oeste do estado, faz divisa com o Paraná, para onde vai o rali amanhã.

Em um dia em que nenhum veículo pode ter apoio externo, as duplas do X Rally Team colocaram os Ford Ranger Dakar V8 4×4 à prova e atingiram com perfeição o objetivo traçado: vitória para Cristian Baumgart/Beco Andreotti, com 1min30 de vantagem sobre Marcos Baumgart/Kleber Cincea.

Dobradinha para os carros amarelos do X Rally Team, com Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin em terceiro, a 2min23s de Cristian e Beco. A dupla da Toyota ainda lidera na somatória com 17min56s de vantagem sobre Marcos e Kleber. “Era para esta briga estar ainda melhor. Infelizmente duas penalizações – uma delas muito questionável, pois não se tratou de erro nosso – nos colocaram um pouco atrás. De qualquer forma, vejo as coisas pelo lado positivo: estamos acelerando tudo e pensando dia após dia, e não no resultado geral. Como o começo do rali foi um pouco turbulento para nós, o negócio agora é acelerar, se divertir e dar trabalho para os adversários. E o objetivo está sendo muito bem cumprido”, analisou Marcos.

Vencedores da etapa, Cristian e Beco vêm na mesma situação. A quebra de um cardan defeituoso ainda na primeira etapa fez a dupla perder bastante tempo. Agora, pisa fundo. O mais velho dos irmãos Baumgart disse ter se divertido na etapa maratona. “Está tudo certo com os carros. Então pude acelerar sem me preocupar muito. O Beco fez uma navegação perfeita hoje e a especial foi a mais prazerosa deste Sertões. Estamos contentes e confiantes em fazer mais dois bons resultados até o final”, disse.

MOTOS – Tiago Fantozzi teve uma excelente etapa maratona nesta quinta-feira ao terminar a especial em segundo lugar no geral, 2min11s atrás somente do piloto de fábrica Jean Azevedo. “O ritmo foi muito bom e a especial era uma delícia se de andar de moto, embora bem exigente. Chego em Euclides da Cunha Paulista mais feliz do que cansado. E isso dá um belo ânimo para amanhã”, disse o campeão de 2001 do Sertões, que há quatro anos estava afastado das competições. Agora ele é o terceiro no geral em sua classe, a 24 minutos do líder na somatória das etapas.

Rafael Milan fez o segundo melhor tempo na categoria Marathon, mas uma penalização de 2min09s por causa da zona de radar o colocou na quinta posição. O mesmo aconteceu com Vicente de Benedictis, que foi o sétimo na Super Production com um minuto de penalização.

Nesta sexta-feira acontece a penúltima etapa do Rally dos Sertões, e as máquinas, que não podem receber nenhum auxílio mecânico externo nesta noite, vão de Euclides da Cunha Paulista (SP) para Umuarama, entrando no estado do Paraná. Outra etapa decisiva para a durabilidade dos equipamentos. Serão 199 quilômetros cronometrados de 316 totais.

Confira os tempos da etapa (cat. T1 FIA)
CARROS

1-) Cristian Baumgart/Beco Andreotti (Ford Ranger) – 2h51min46s
2-) Marcos Baumgart/Kleber Cincea (Ford Ranger) – 2h53min16s (a 1min30s)
3-) Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (Toyota Hilux) – 2h54min09s (a 3min42s)
4-) Guiga Spinelli/Youssef Haddad (Mitsubishi ASX) – não completou

Texto: Cleber Bernuci
Foto: Sanderson Pereira



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: