Depois de cinco etapas da Sprint Race campeonato está apertado na PRO e GP

Turismo |
12 de agosto de 2015

A sexta etapa da edição 2015 será no dia 06 de setembro no autódromo de Curitiba

Após a quinta etapa da Sprint Race Brasil realizada no último final de semana em Cascavel (PR) que contou com duas corridas, mesmo sem vencer Billy Zonta/Felipe Lobo seguem líderes na categoria PRO e Kau Machado retoma liderança da GP e o campeonato embola. As provas da quarta edição do evento no oeste paranaense foram marcadas por diversas disputas e muita satisfação por parte de competidores e organização após as bandeiradas finais.

Para o catarinense Felipe Lobo do SR#27 não foi nada fácil andar com os 55 quilos do lastro de sucesso (peso extra no carro destinado aos primeiros colocados no campeonato). “Como é um ano de estreia na categoria existem inúmeras coisas para aprender, os carros muito parecidos e os pilotos competitivos, qualquer diferença aparece muito. Sabemos que nosso carro sempre será mais lento com os concorrentes devido ao peso a mais, mas desde o início estamos usando a estratégia de pontuar e buscar terminar todas as corridas de preferência entre os três primeiros”, explicou o piloto de Florianópolis que conquistou a quinta colocação na primeira corrida do domingo (09).

A próxima etapa marcada para o dia 06 de setembro será no circuito oval do Autódromo Internacional de Curitiba. “Para o oval sabemos que também enfrentaremos dificuldades, porém como são curvas de alta velocidade espero que nosso carro sofra menos por causa do peso e consigamos um pódio”, destacou Lobo que conta com patrocínio da Koerich, Kredilig, Grupo Taborda, Condor, RZ Motorsport, Grameira Gabardo, Sabor e Sabor e Lobo Car Service.

O piloto paranaense Billy Zonta é o companheiro de Lobo na divisão do carro. “Usar o lastro nas pistas é desafiador, pois temos que mudar um pouco a guiada para fazer o carro se tornar competitivo e em Cascavel prejudicou muito o desempenho do final de semana todo. Somos uma dupla arrojada e a liderança mostra isso. A estratégia sempre foi pontuar ao máximo em todas as etapas, pensando no campeonato”, disse Billy que completou a segunda corrida na quinta posição.

Billy Zonta e Felipe Lobo são líderes da Sprint Race desde a segunda corrida do ano no autódromo do Tarumã, em Viamão (RS) e somam 179 pontos na tabela classificatória. “Olhando para as últimas corridas a evolução dos pilotos foram muito grandes e as brigas cada vez mais acirradas, a reta final do campeonato promete fortes emoções até as últimas voltas. Esperamos conseguir manter a liderança mesmo com o peso e chegar na última corrida, onde não terá o peso e a pontuação dobrada, com ótimas chances de brigar por vitórias”, acrescentou Felipe Lobo.

O piloto Pietro Rimbano SR#17 (Lavitan Vitaminas/Cimed/Pirelli/MotoBiz) encosta nos líderes, depois de garantir uma segunda posição na primeira corrida de Cascavel e a vitória na segunda bateria. “Nas próximas etapas irei com o mesmo objetivo que é assumir a liderança e o título”, conta o piloto paulista que soma 173 pontos no campeonato.

Categoria GP

“O campeonato traça o rumo que prometia”, diz Kau Machado (Ecoinox), líder do campeonato na GP. “Com os carros em condições muito parecidas, todos os pilotos tem condições para brigar pelo lugar mais alto do pódio. Na categoria GP a briga esta acirradíssima. Para Curitiba, como sempre, vou tentar fazer uma corrida justa, e se tudo der certo, continuar na liderança do campeonato”, enfatiza o piloto paranaense do SR#44.

Segundo Fábio Brecailo SR#8 a categoria é bem equilibrada. “Esperava que teria mais dificuldades nas corridas do última etapa, principalmente na subida depois do S, mas o carro se comportou bem apesar dos 55 quilos extras”, declara o vice líder na GP.

Ele falou da sua expectativa para a próxima etapa. “Tenho certeza que a constância de bons resultados vai ser um ponto chave para brigarmos pelo título da temporada. “Enfrentei algumas dificuldades e acabei treinando pouco. Voltei de Cascavel com apenas 14 pontos e perdi a liderança com uma diferença de 21 para o líder. Só tenho uma coisa na cabeça, me recuperar aqui e irei com tudo no oval. Podem esperar um piloto competitivo e com vontade de ganhar!”, finaliza Brecailo (Au-Au Lanches).

Sistema de Disputa

Em 2015 o sistema de disputa da Sprint Race permanece o mesmo, com 16 corridas que acontecem em oito datas diferentes, sendo este ano 23 minutos de prova e mais uma volta, onde cada carro pode ser representado por um ou dois pilotos. No caso das duplas, cada piloto terá o mesmo tempo de treinos e corridas. A premiação será do primeiro ao terceiro lugar, sendo que em cada etapa o vencedor recebe um prêmio.

Segundo regulamento da Sprint Race Brasil em cada corrida do calendário para manter o equilíbrio, os primeiros três colocados da classificação geral de cada categoria (PRO e GP) do campeonato estarão “carregados” de um lastro adicional de peso, sendo que o 1º leva 55 kg, o 2º, 40 kg e o terceiro, 25 kg.

As corridas da quinta etapa disputadas em Cascavel (PR) serão exibidas pelo BandSports, no dia 18 de agosto, às 19h30 e no PlayTV no domingo, dia 23 de agosto, às 9 horas.

A Sprint Race têm patrocínio da Alpina, Pirelli, Ecopads, Bardahl, Fremax e Rio Custom.

Classificação do campeonato após 5ª etapa (10 primeiros colocados):

Categoria PRO
1) 27 Billy Zonta/ Felipe Lobo, 179 pontos
2) 17 Pietro Rimbano, 173
3) 79 Flávio Lisboa/ Caito Vianna, 162
4) 94 Gustavo Kiryla, 161
5) 10 Berlando Junior/ Lucas Villela, 118
6) 85 Enzo Bortoleto, 116
7) 77 Luca Milani, 104
8) 94 Marco Garcia, 98
9) 04 Luiz Santos/ Lucas Gohr, 80
10) 14 Gustavo Martins, 45
11) 1 Gaetano Di Mauro, 25

Categoria GP
1) 44 Kau Machado, 231 pontos
2) 8 Fábio Brecailo, 210
3) 36 Felipe Rabello/ Matheus Marini, 176
4) 07 Vinícius Margiota, 138
5) 55 Osman Didi, 131
6) 39 Eduardo Serratto/ Marcelo Rodriguez, 112
7) 55 Caê Coelho, 90
8) 44 Rodrigo Gil, 84
9) 7 Rodrigo Matos, 72
10) 1 Roberto Milani, 26

Texto: Silvana Grezzana Santos
Foto: Luciano Santos



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: