Correndo em casa, Gabriel Gomez sobe ao pódio no TOP KART Brasil

Kart |
28 de abril de 2016

Kartódromo Arena Sapiens, em Florianópolis recebeu o primeiro evento do ano e definiu seus campeões 

Os últimos dias têm sido frios em grande parte do país. Quem diria que no último sábado (23) – quando foi disputada a fase inaugural do TOP KART Brasil 2016 – foi um dia de muito sol e calor intenso em Florianópolis, em Santa Catarina? Com o tempo quente, a tentação era visitar a praia de Canasvieiras, localizada ao norte da ilha e ao lado do Kartódromo Internacional Arena Sapiens que recebeu as disputas.

Mas as provas valiam muito. Estava em jogo o troféu das Finais do GP Santa Catarina do TOP KART Brasil. A competição, que teve início na última quarta-feira (20), começou com as tomadas de tempo e mais duas baterias classificatórias para as oito categorias. No sábado, aconteceram as corridas finais que coroariam os primeiros campeões do ano.

O piloto local, Gabriel Gomez já chegou campeão. Mas só que de outros campeonatos: O SKB 22 e do Torneio de Verão Granja Viana pela categoria Cadete, títulos confirmados no início deste mês em Interlagos, São Paulo. Agora, o catarinense corria bem mais perto de casa e chegou a Arena Sapiens com vontade de provar aos conterrâneos que também é o mais veloz dos Cadetes em sua terra natal.

Os quase 100 karts que participaram da competição tomaram o traçado logo às oito da manhã. A categoria Cadete foi a que abriu os trabalhos. Foi também a apresentou o grid mais cheio: 19 pilotos.

“No qualify a pista ainda estava secando, ele estava com a pole até a última volta onde todos baixaram, mas ele foi atrapalhado e acabou ficando somente com o terceiro tempo”, explica o pai Leandro Gomez. Mesmo iniciando de P3, Gabriel já na largada pulou para P1 caindo para P2 na sequência. Faltando duas voltas para o fim da primeira bateria classificatória, Gomez chegou a reassumir a ponta, mas novamente não pode sustentá-la e terminou mesmo em 2º.

Para a segunda bateria chovia muito. Largando em 2º, o piloto do kart #000 conseguiu abrir bastante na primeira volta, mas um incidente atrapalhou os planos da equipe de Gomez e ele teve que parar nos boxes porque havia entrado água no seu motor. Acabou em 14ª.

Com a combinação de resultados das duas provas anteriores, coube a Gabriel Gomez largar em 7º na Bateria Final. Dada a largada, já na 3ª curva, Gabriel figurava como 1º colocado. A partir daí, era impossível determinar qual dos 3 primeiros comemoraria no lugar mais alto do pódio. Gomez travou grande batalha com seu conterrâneo Mayke Naderer e o brasiliense João Pinheiro Filho.

Os três revezavam na lideraram durante toda a prova, quando na última volta, Gomez, na situação de ponteiro, buscou a manutenção da sua posição, mas em um detalhe, acabou cedendo seu lugar para Mayke que, depois disso, só deve o trabalho de guiar pelos metros finais e receber a bandeirada final. Gabriel ficou com a 2ª colocação, 0.042 de diferença para Naderer. Pinheiro Filho terminou em terceiro.

Único piloto correndo com o chassi Mini entre os 6 primeiros, Gabriel Gomez sabe que foi apenas a primeira das três corridas do ano pela TOP KART. Ostentando grandes campanhas nos campeonatos anuais de São Paulo, Gomez não só se dedica a essas competições para levantar o troféu no fim da temporada como para se preparar para o próximo evento do TOP KART Brasil agendado para 30 de maio a 4 de junho. Essa segunda edição acontecerá em um kartódromo que Gabriel costuma se dar muito bem: Interlagos.

Enquanto esses dias não chegam, Gomez volta a concentrar suas forças na Copa São Paulo Light que retoma suas atividades no próximo dia 14 de maio.

Resultado final da bateria decisiva da classe Cadete:
1 MAYKE NADERER (SC),
2 GABRIEL GOMEZ (SC), a 0.042
3 JOÃO PINHEIRO FILHO (DF), a 0.286
4 PEDRO BRAGA (RJ), a 1.959
5 VINICIUS TESSARO (DF), a 1.977
6 ARTHUR SILVA (SC), a 2.654
7 ENZO MARINS (SC), a 3.493
8 HENRIQUE MAGIONI (MG), a 3.547
9 FELIPE DOS SANTOS (PR), a 6.577
10 ANTONELLA BASSANI (SC), a 6.972
11 LUIS TROMBINI NETO (PR), a 10.074
12 GABRIEL MOURA (SC), a 10.183
13 EDUARDO DE ARAUJO (PR), a 15.534
14 DIMAS MOTA (SC), a 28.394
15 GUSTAVO REIS (DF), a 34.002
16 ENZO NIENKOTTER (SC), a 50.769
17 EDUARDO RIGON (SC), a 1 volta
18 BERNARDO MOSCHETTA (SC), a 2 voltas
Melhor volta: HENRIQUE MAGIONI (9), 1:03.235 (média 683,222 km/h), na 14ª volta

 



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: