Conheça a mais nova categoria no automobilismo nacional: a Fórmula Inter

Fórmula |
13 de agosto de 2015

”É uma competição para quem quer viver do automobilismo, queremos ser muito mais que uma categoria”, afirmam organizadores

Nesta quinta-feira, 13/08, aconteceu em São Paulo a apresentação oficial da nova categoria nacional automobilística. Com uma proposta inovadora que busca oferecer um caminho mais acessível a pilotos que sonham em guiar carros competitivos, a Fórmula Inter pretende ser uma verdadeira academia de novos pilotos brasileiros.

Nascida da iniciativa privada, os equipamentos serão os mesmos para os competidores. Um carro é único, projetado por brasileiros, com as mais avançadas tecnologias para projeto, estudos aerodinâmicos e construção, atende às principais normas mundiais de segurança, além de ser pensado desde a sua concepção para ser adequado ao mercado brasileiro.

Para acolher pilotos que saem do kart ou da Fórmula Vê/Fórmula 1600, a Fórmula Inter os preparará para seguirem em modalidades mais rápidas no Brasil, com a F-3, ou no exterior, com a F-4, F-Renault, F-2000, entre outras. E o ‘reitor’ desta Academia será o ex-piloto de Fórmula 1 e Fórmula Indy Roberto Pupo Moreno.

Marcos Galassi, um dos idealizadores na categoria concedeu entrevista coletiva a imprensa esta manhã, ressaltando as características na nova categoria. Questionado sobre a diferença da Inter para a Fórmula Renault, por exemplo, Galassi foi enfático: “Nós não queremos comparar a nossa categoria com outras. Temos características próprias… um carro com câmbio de 4 marchas em H, por exemplo”, disse Marcos, avaliando que esse modelo foi o eleito para reduzir custos, comparado a um câmbio de 6 marchas.

Por outro lado, Galassi pondera, analisando: “Nós que produziremos esse câmbio de 4 marchas. Conseguimos baixar o preço se o câmbio quebrar. Você pagará em real”. Buscando como exemplo a asa de um monoposto o idealizador compara: “Se a asa de fibra de carbono quebrar, ela custa 2.500 reais. Se fosse na Fórmula Renaut ela custaria 3.500 euros”.

Modelo do Campeonato

 

 

Neste campeonato o piloto paga pelo aluguel do carro, e ao chegar na pista para competir encontra o carro pronto. Todos os carros são propriedades da Formula Inter, e portando, será ela a responsável pela garantia da qualidade do produto bem como a igualdade de competição. Apenas os bancos, a carenagem e os pneus pertencerão ao piloto. O chassi será sorteado.

Para participar o piloto terá de concordar com os termos do contrato de locação, que regula direitos e obrigações de cada uma das partes, além de estar devidamente licenciado pela Federação Paulista de Automobilismo/CBA. Caso o piloto não possua sua Carteira de Piloto de Competição, a Fórmula Inter irá indicar uma escola de pilotagem credenciada.

Inicialmente no período de pré-temporada em 2015, a Fórmula Inter não irá oferecer o modelo de locação para apenas um corrida, estando todas as vagas voltadas para pilotos que desejem competir em toda a temporada.

Inclusos no pacote de locação, estão pneus e combustível necessários ao cumprimento dos treinos, classificações e corridas de acordo com o regulamento técnico e desportivo a ser publicado ainda em 2015.

 

Provas

 

 

A Fórmula Inter será comporta por 11 etapas no calendário 2015/16, compostas por treinos livres, classificação e corrida. O início está previsto para após 15 de Novembro de 2015, sendo a primeira delas, na primeira etapa realizada pela Federação Paulista de Automobilismo após essa data.

As etapas realizadas no ano de 2015 contarão para o TORNEIO INTERFEST 2015, um torneio que compõe o programa de pré-temporada e treinamento da Formula Inter.

A temporada completa terá início em 2016, na primeira etapa do Campeonato Paulista de Automobilismo do mesmo ano.

Um mínimo de dois treinos de 30 Minutos, uma classificação de 20 minutos e uma corrida de 30 minutos por final de semana estão garantidos. Os números e duração podem sofrer alteração ainda.

Custos

 

 

Como uma das principais propostas da campanha da Fórmula Inter é baixar preços e torna-los acessíveis, a organização fixou o preço do aluguel do carro (incluindo pneus + combustível + operação) será de R$ 13.990,00 por prova/carro, ou R$ 153.890,00 reais para todas as 11 etapas (TORNEIO INTERFEST 2015 + Temporada F.INTER – 2016), incluindo em cada uma das etapas: um mínimo de 2 sessões de treinos livre, classificação e uma prova por final de semana.

 

 

O carro

 

 

 

Modelo: FJNTER MG-15
Construtor: Minelli Racing
Chassi: Tubular com alclave e compostos de fibra de carbono
Suspensões: Independentes, com balanços, triângulos e push-rods
Freios: Pinças de freio Willwood 2 pistões (Uniballs: Aurora)
Motor: 2.0, 16 válvulas, com 180 HP, podendo chegar a 250km/h. Amortecedores: Bilstein
Câmbio: 4 marchas em “H”
Rodas: Fabricação própria, 8 e 10 polegadas em magnésio
Carenagem: Fibra de vidro e carbono, diversos compostos
Aerodinâmica: Asas dianteiras e traseira ajustáveis
Célula de sobrevivência: Firewall, extrator de bando e proteção de cabeça
Chassi de segurança: Crash-boxes dianteiro, traseiro e side pods

Simulador

 

 

Será utilizado para teste e simulação do carro e pista, um simulador desenvolvido por Leandro Tercette. O aparelho ficará disponível para os pilotos participantes do campeonato.
A base do simulador é o jogo IRacing e o carro o Star Mazda.

 

A Fórmula Inter fará parte do Campeonato Paulista de Automobilismo, organizado pela Federação Paulista de Automobilismo (FASP).

 

 

Texto: ClickSpeed
Foto: Emerson Santos/
One Photography Media



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: