Com dicas de Vettel, Gianluca Petecof disputa o Mundial de Kart no Bahrein

Kart |
18 de novembro de 2016

Em 2015, Gianluca estabeleceu o recorde de participante brasileiro mais jovem da história a competir do Mundial de Kart com apenas 12 anos; neste ano, reencontrou o tetracampeão mundial de F-1 Sebastian Vettel e recebeu preciosas dicas do piloto da Scuderia Ferrari (Foto: Bruno Gorski)

O paulista Gianluca Petecof, piloto da Academia Shell Racing, já está no Bahrein para a disputa do Mundial de Kart, que acontece nesta semana em Sakhir, região que também recebe o GP do Bahrein de Fórmula 1 no início do ano. Atual vice-campeão brasileiro, Gianluca disputará pela segunda vez a principal competição do kartismo mundial na categoria Junior.

“Será um campeonato bem diferente dos que nós estamos acostumados. Aqui no Bahrein a pista fica no meio do deserto e o traçado costuma ficar sujo de areia com bastante facilidade, deixando tudo bem escorregadio. São 1.415 metros, um circuito bem extenso, então será importante uma rápida adaptação nesses primeiros treinos”, diz Gianluca, que tem 96 adversários inscritos na mesma categoria.

Na última semana, na véspera do GP do Brasil de Fórmula 1, Gianluca reencontrou Sebastian Vettel, piloto da Scuderia Ferrari, que passou várias dicas para o jovem talento brasileiro seguir superando desafios em sua carreira.

“Eu e o Vettel batemos um papo muito bacana sobre velocidade, onde ele me passou vários ensinamentos para o meu futuro nesse longo caminho para se tornar um piloto profissional e chegar nas principais categorias do mundo. Essa é a segunda vez que o encontro na F-1 e fiquei feliz em ver o interesse dele pelos jovens pilotos no kart. Ele inclusive disse que deve ver a prova pelo live timing ou até mesmo tentar acompanhar de perto, já que na semana seguinte ele corre em Abu Dhabi”, diz o piloto de 14 anos.

No ano passado, Gianluca entrou para a Academia Shell Racing, uma iniciativa inédita no Brasil patrocinada pela Raízen para garantir apoio aos jovens talentos do automobilismo e auxiliar seus passos futuros no esporte a motor. Também em 2015, Gianluca entrou para a história do kartismo brasileiro como o piloto mais jovem do País a participar do Mundial de Kart, que foi realizado na Itália.

As primeiras baterias classificatórias estão sendo realizadas hoje – e Gianluca já terminou em segundo lugar em sua bateria – ao todo, são mais de 90 inscritos. As pré-finais e finais acontecem amanhã.



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: