CKB: Marcelo Tutiya domina a 6ª etapa da categoria Master

Kart Amador |
29 de julho de 2015

Piloto fez a pole-position, liderou todas as voltas e cravou o melhor tempo da corrida

A 6ª etapa da categoria Master da Copa KART BRASIL foi disputada em 19 de julho no Kartódromo Internacional Nova Odessa utilizando o traçado Monza, no sentindo anti-horário, sem se adotar a “joker lap” desta vez. Em pleno mês de férias escolares o grid de largada foi formado por 17 pilotos para percorrerem 32 voltas de corrida sob um céu azul e temperatura amena. A curiosidade da etapa foi o tempo da pole-position marcado por Marcelo Tutiya com uma volta em 42.466, exatamente o mesmo tempo da pole-position de Gustavo Mattedi na KART NIGHT, disputada na quinta-feira anterior. Marcelo Tutiya largou da 1ª colocação da largada para vencer a prova de ponta a ponta, além de cravar a melhor volta da corrida em sua 12ª passagem com o tempo de 42.346s.

Com o domínio de Marcelo Tutiya, outro destaque da prova foi André Koga, o 2º colocado, que se manteve sempre perto do líder, embora não tenha ameaçado a sua vitória. Koga livrou boa vantagem durante a prova sobre os pilotos que brigaram pela 3ª posição, que ficou para Johnny Silva, terminando a bateria adiante de Gustavo Zimmermann e de André Magno Pereira, os cinco primeiros. A luta pela 3ª colocação foi muita intensa durante toda a prova com várias trocas de posições e alguns incidentes e envolveu Johnny Silva, Gustavo Zimmermann, André Magno Pereira, Cyro Carvalho, o 6º colocado e Rodrigo Vieira, o 7º. Paulo Rogério Cardoso, Marcelo Scaranari e Lee Fonseca Andrade e Silva completaram os 10 primeiros.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

Tomada de Tempos

Marcelo Tutiya (foto acima) conquistou a pole-position em sua 8ª e última passagem, com o tempo de 42.466 e largou na 1ª fila ao lado de André Koga, que cravou 42.501 em sua melhor volta. Rodrigo Vieira, o 3º colocado no grid de largada com o tempo de 42.756 correu com um handicap de 10kg por ter obtido resultados entre os 3 primeiros colocados nas duas etapas anteriores. A 4ª colocação na grelha de partida foi ocupada por André Magno Pereira, com o tempo de 42.759. Cyro Carvalho abriu a 3ª fila na 5ª colocação com o tempo de 42.824, adiante de Johnny Silva, com o tempo de 42.869. Na 7ª posição alinhou André Christianini Ribeiro com o tempo de 42.872, tendo ao seu lado na 4ª fila Marcelo Scaranari, que correu com um handicap de 5kg por ter obtido a 2ª colocação na etapa anterior.

Da 9ª colocação partiu Luiz H. K. de Campos, ausente nas duas últimas etapas, que cravou o tempo de 42.996 em sua melhor volta. Alessandro de Freitas obteve a 10ª posição no grid com o tempo de 43.008 e largou ao lado de Luiz. Na 6ª fila alinharam Paulo Rogério Cardoso, com o tempo de 43.082 e Haron Passarelli, com o tempo de 43.106, correndo com o handicap de 5kg por conta da 3ª colocação obtida na etapa anterior. Lee Fonseca Andrade e Silva obteve o tempo de 43.211 para partir na 13ª posição adiante de Gustavo Zimmermann, com 43.495. Théo Pizzinatto, com o tempo de 43.442, compôs a 8ª fila acompanhado de Celsinho Berti, com 43.447. Roberto Berça alinhou na última posição, com o tempo de 44.075.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

Corrida

Marcelo Tutiya manteve a ponta na largada com André Koga logo atrás. André Magno Pereira pulou na frente de Rodrigo Vieira para ser o 3º colocado adiante de Rodrigo. Johnny Silva superou Cyro Carvalho para ocupar a 5ª colocação no fechamento da 1ª volta. Luiz H. K. de Campos pulou da 9ª posição na largada para a 7ª colocação, logo atrás de Cyro e à frente de Marcelo Scaranari, que escapou na 1ª volta devido a um toque indo para a grama, mas manteve a sua posição na pista depois de ter largado na 8ª posição. Alessandro de Freitas e Paulo Rogério Cardoso fecharam os 10 primeiros no giro inaugural, adiante de Haron Passarelli, André Christianini Ribeiro, Gustavo Zimmermann, Lee Fonseca Andrade e Silva, Celsinho Berti, Théo Pizzinatto e Roberto Berça.

Sem a adoção da joker lap nesta etapa não foi preciso empregar-se tática de corrida como a de alguns pilotos que a faziam logo na 2ª volta. Assim, a corrida seguiu seu curso normal. Na 4ª volta Marcelo Tutiya (#23 – foto abaixo) e André Koga (#28) ainda estavam muito próximos adiante do pelotão, com André Magno Pereira (#43), o 3º colocado, logo à frente de Johnny Silva, que ultrapassou Rodrigo Vieira nessa volta na luta pela 4ª posição. Cyro Carvalho também vinha muito próximo dos dois ocupando a 6ª colocação. Luiz H. K. de Campos continuava em 7º lugar, adiante de Marcelo Scaranari, Alessandro de Freitas e Paulo Rogério Cardoso, os 10 primeiros. Paulo Rogério Cardoso, o Alemão, corria no sacrifício devido a uma lesão no joelho esquerdo, que deverá ser operado em breve.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

Johnny Silva superou André Magno na 7ª volta para ganhar mais uma posição e ocupar o 3º posto, atrás de Marcelo Tutiya e André Koga, ambos já um pouco distantes um do outro. André Magno Pereira, depois de ultrapassado por Johnny Silva, ficou apenas uma volta na 4ª colocação, sendo superado no 8º giro por Rodrigo Vieira. Cyro Carvalho ultrapassou Rodrigo na 7ª volta, mas Rodrigo deixou para trás de uma vez Cyro e Magno na volta seguinte. Luiz H. K. de Campos, o 7º colocado, assistia a tudo à sua frente de perto, seguido de Marcelo Scaranari, Alessandro de Freitas e Paulo Rogério Cardoso. A partir da 11ª posição apareciam Haron Passarelli, Gustavo Zimmermann, Lee Fonseca Andrade e Silva, Celsinho Berti, Théo Pizzinatto, André Christianini Ribeiro e Roberto Berça.

Na 10ª volta Marcelo Tutiya e André Koga seguiam tranquilos à frente dos demais e a batalha pela 3ª posição envolvia Johnny Silva, Rodrigo Vieira, Cyro Carvalho e André Magno, que foi ultrapassado por Cyro na volta anterior. Marcelo Scaranari também superou Luiz H. K. de Campos na mesma volta lhe tomando a 7ª posição. Gustavo Zimmermann já aparecia na 9ª colocação após ultrapassar, na ordem inversa, Alessandro de Freitas e Paulo Rogério Cardoso, os 11 primeiros. Haron Passarelli era o 12º colocado adiante de Lee Fonseca Andrade e Silva, Celsinho Berti e Théo Pizzinatto, os 15 primeiros. André Christianini Ribeiro e Roberto Berça completavam o pelotão ainda no 1º terço das 32 voltas que seriam percorridas na prova.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

Alcançada a metade da corrida, já na 16ª volta, Marcelo Tutiya continuava com uma vantagem suficiente em relação a André Koga que lhe permitiria um pequeno erro sem perder a posição. Os dois já tinham uma boa distância do bloco dos pilotos que brigavam pela 3ª colocação, composto por Johnny Silva (#31 – foto acima), Cyro Carvalho (#48), Rodrigo Vieira (#15) e André Magno Pereira (#43). Gustavo Zimmermann já ocupava a 7ª colocação após ultrapassar Luis H. K. de Campos e Marcelo Scararanari, que também perdeu a 8ª colocação para Luiz na 15ª volta. Paulo Rogério Cardoso surgia na 10ª colocação a esta altura da prova adiante de Lee Fonseca Andrade e Silva, Haron Passarelli, Celsinho Berti, Alessandro de Freitas, Théo Pizzinatto, Roberto Berça e André Christianini Ribeiro.

Na 20ª volta Cyro Carvalho superou Johnny Silva para surgir na 3ª colocação atrás do duo que dominava a prova desde o início, na ordem, Marcelo Tutiya e André Koga. Na 21ª volta, Johnny Silva devolveu a ultrapassagem da volta anterior recuperando a 3ª posição, voltando Cyro Carvalho (48 – foto abaixo) a ocupar a 4ª posição adiante de André Magno Pereira (#43), Rodrigo Vieira (#15) e Gustavo Zimmermann (#10), que já fazia parte do grupo dos pilotos que brigavam pela 3ª posição. Marcelo Scaranari recuperou a 8ª colocação na volta 19 com o abandono de Luiz H. K. de Campos. Lee Fonseca Andrade e Silva passou a ser o 9º colocado adiante de Haron Passartelli, que fechava os 10 primeiros.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

Marcelo Tutiya e André Koga dominaram a prova até o seu final. Cyro Carvalho ultrapassou Johnny Silva para reassumir a 3ª colocação na 25ª volta, adiante de André Magno Pereira e Gustavo Zimmermann, que superou Rodrigo Vieira no 26º giro. Na 27ª volta da corrida houve o lance mais polêmico da prova na curva 3, quando André Magno acabou ultrapassando Cyro e Johnny para assumir a 3ª colocação, com Cyro caindo da 3ª para a 5ª posição, ao sofrer um toque no salseiro. Na 30ª volta Cyro ainda perderia 2 posições para Gustavo Zimmermann e Rodrigo Vieira. Na 32ª e última volta da corrida, Johnny Silva e Gustavo Zimmermann superaram André Magno Pereira na disputa da 3ª colocação e Cyro Carvalho ultrapassou Rodrigo Vieira para ocupar a 6ª colocação.

Como visto, as últimas voltas da corrida foram de arrepiar na disputa pela 3ª posição, que ficou para Johnny Silva, o sobrevivente. Um aguerrido Gustavo Zimmermann veio do 13º lugar na 1ª volta para o 4º lugar no final. André Magno Pereira terminou na 5ª posição, conquistando o seu lugar ao pódio. Cyro Carvalho, a quem acabou sobrando uma bala perdida no tiroteio que lhe tirou da 3ª posição na 27ª volta, finalizou em 6º, a frente de Rodrigo Vieira. No finalzinho da corrida Paulo Rogério Cardoso ultrapassou Marcelo Scaranari para garantir a 8ª posição. Lee Fonseca Andrade e Silva fechou os 10 primeiros. Haron Passarelli foi o 11º, adiante de Alessandro de Freitas, Celsinho Berti, Théo Pizzinatto, André Christianini Ribeiro e Roberto Berça. Luiz H. K. de Campos abandonou a prova.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

Resultados

Não teve prá ninguém! Marcelo Tutiya (foto acima) dominou a 6ª etapa da categoria Master com barba, cabelo e bigode. Fez a pole-position, liderou todas as voltas e cravou o melhor tempo da corrida na 12ª passagem com 42.346. Ainda no início da prova conseguiu abrir uma distância segura em relação a André Koga, o 2º colocado por toda a corrida, mantendo um ritmo forte, demonstrando que assimilou bem o traçado após um treino de reconhecimento antes da etapa. Contando o descarte de uma etapa previsto para o 1º turno, que terminou na rodada anterior, Tutiya (#23 – foto abaixo) ocupa a vice-liderança na classificação geral do campeonato com 123 pontos, a apenas 4 pontos do líder Rodrigo Vieira, e parte na frente na luta pelo título do 2º turno.

André Koga (encoberto na foto abaixo) fez uma corrida tranquila desde a largada para conquistar a 2ª colocação, o seu melhor resultado na temporada. André conquistou o pódio em duas etapas, com o 3º lugar na prova inaugural da temporada e o 4º lugar na temporada, que o colocam na 5ª posição no campeonato na classificação geral contando com o descarte no seu caso a ausência na 5ª etapa. Desta feita fez uma corrida consciente seguindo de perto o líder Marcelo Tutiya, sem cometer erros e aproveitando-se da batalha pela 3ª colocação para terminar a corrida com uma vantagem de quase 20s para o 3º colocado, Johnny Silva, amealhando pontos importantes no campeonato. André Koga vem amadurecendo bastante em sua ainda curta carreira no kartismo.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

Johnny Silva conquistou a 3ª colocação de forma dramática, usando de toda a sua experiência para sobreviver à frente dos oponentes na batalha pela 3ª colocação, umas das mais acirradas da temporada incluindo todas as categorias da Copa KART BRASIL. O seu gráfico de posições na prova é uma verdadeira montanha-russa: manteve-se na 5ª posição até a 5ª volta quando ultrapassou Rodrigo Vieira , fazendo o mesmo com André Magno Pereira na 7ª volta. Estabeleceu-se na 3ª posição até a 20ª volta, quando a perdeu para Cyro Carvalho, recuperando-a na volta seguinte. Cyro o ultrapassou novamente no 25º giro e na volta 27 passou Cyro novamente, mas no mesmo lance perdeu a 3ª posição para André Magno, reconquistando-a na última volta. Guiou o fino e protagonizou a melhor disputa do dia.

Gustavo Zimmermann, (#10 – foto abaixo) com a 4ª colocação na etapa, ocupa a 3ª posição na tabela de classificação do campeonato, contando o descarte do 1º turno; mesmo com a punição que sofreu por atitude anti-desportiva ao final da corrida, que lhe tirou 5 pontos na tabela de classificação. Zimmermann largou na 14ª posição e já ocupava a 10ª posição na 9ª passagem, ultrapassando Alessandro de Freitas na seguinte e Luiz H. K. de Campos, no 13º giro. Na 15ª volta ultrapassou Marcelo Scaranari, mas foi superado por Luiz, ultrapassando-o na volta seguinte para obter a 7ª colocação. Logo entrou na briga pela 3ª posição, superando Rodrigo Vieira na 26ª volta, Cyro Carvalho na 27ª e André Magno Pereira na última volta. Aguerrido, Zimmermann foi o piloto que mais ganhou posições na corrida.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

André Magno Pereira (#43 – foto acima) foi o 5º colocado. Manteve a 3ª posição até a 6ª volta, no 10º giro ocupava o 6º posto, ultrapassado no intervalo por Johnny Silva, Rodrigo Vieira e Cyro Carvalho. Na 20ª passagem superou Rodrigo Vieira e na 27ª fez o mesmo com Johnny Silva e Cyro Carvalho. Na última volta foi ultrapassado por Johnny Silva e Gustavo Zimmermann. Cyro Carvalho (#48 – foto acima) concluiu a prova na 6ª posição, mas o resultado não fez jus à sua atuação. Brigou pela 4ª posição com Rodrigo Vieira e André Magno até a 12ª volta e na 20ª superou Johnny Silva para ocupar a 3ª colocação, a perdendo para o adversário na volta seguinte e a recuperando na 25ª passagem. Caiu para a 7ª posição até a 30ª volta, recuperando a 6ª colocação ao ultrapassar Rodrigo Vieira na última volta.

Rodrigo Vieira(#15 – fot5o acima) obteve a 7ª colocação, resultado suficiente para manter-se à frente da tabela de classificação do campeonato. Rodrigo Vieira largou na 3ª posição e era o 6º colocado na 7ª volta, ultrapassado por André Magno Pereira, Johnny Silva e Cyro Carvalho, mas na volta seguinte ultrapassou Cyro e André Magno, ocupando a 4ª posição até a 12ª volta, quando foi ultrapassado por Cyro e na 20ª por André Magno. Resistiu às investidas de Gustavo Zimmermann na luta pela 6ª colocação até a 25ª volta, caindo para 7º e ultrapassando novamente Cyro na 30ª volta, sendo ultrapassado por ele no giro final. Fecharam os 10 primeiros colocados: Paulo Rogério Cardoso, Marcelo Scaranari e Lee Fonseca Andrade e Silva. Resumindo: foi uma corrida de tirar o fôlego.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

 

 

Matérias: Marcio Gessoni

Fotos: Camila Silvério



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: