CKB: 6ª Etapa da categoria Light tem vitória de Fabrício Reis

Kart Amador |
29 de julho de 2015

A 6ª etapa da categoria Light da Copa KART BRASIL foi disputada em 19 de julho no Kartódromo Internacional Nova Odessa utilizando o traçado Monza, no sentindo anti-horário, sem se adotar a “joker lap” desta vez. 20 pilotos largaram para as 31 voltas de corrida sob um céu azul e temperatura amena. Fabrício Reis conquistou a sua 1ª vitória na categoria, e em eventos do Clube KART BRASIL, depois de uma intensa batalha com Luis Miranda, que abandonou na 23ª volta por quebra do equipamento quando disputava a vitória com Fabrício. Fábio Nogueira finalmente conseguiu um bom resultado na temporada ao terminar a corrida na 2ª posição, depois de uma boa disputa com Patty del Corona, a 3ª colocada. Rodrigo Amarante e Andreo Pizani completaram os 5 primeiros.

Luis Miranda largou da pole-position e dominou a prova até a 16ª volta, quando foi ultrapassado por Fabrício Reis; que largara da 3ª posição, mas havia ultrapassado Patty del Corona (a 2ª colocada no grid e aniversariante da semana) logo após a bandeirada. Luis continuou no encalço de Fabrício até que o motor de seu kart morreu o obrigando a abandonar a prova a 8 voltas de seu final. A partir de então, Fabrício manteve um bom ritmo para terminar a prova com uma vantagem de quase 7s para Fábio Nogueira, que passou a maior parte da corrida disputando a 2ª colocação com Patty del Corona, havendo várias trocas de posições entre eles. Rodrigo Amarante fez uma corrida tranquila na 4ª colocação. Andreo Pizani teve uma boa evolução na prova para conquistar o seu lugar no pódio com a 5ª colocação.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

Treino Classificatório

Luis Miranda (#23) dominou o treino classificatório marcando o tempo de 42.800 em sua 8ª e última passagem, melhorando o tempo de 42.923 assinalado por Patty del Corona na 6ª volta, a 2ª colocada. Fabrício Reis, que não havia treinado no traçado Monza, foi melhorando seus tempos de volta até cravar 43.020 na última para assegurar o 3º lugar no grid de largada. Ao seu lado na 2ª fila alinhou Robson Fernandes, com o tempo de 43.148. Fábio Nogueira, com 43.174 e Andreo Pizani, com 43.202 dividiram a 3ª fila. Da 7ª posição partiu Rodrigo Amarante, com o tempo de 43.282, adiante de Caio Gomes, com 43.321. Fecharam os 10 primeiros do grid dividindo a 5ª fila, Aroldo Ribeiro da Costa Filho, com 43.342 e Fernando Baraban, com 43.355. Apenas cerca de 0.3s separaram o 3º do 10º colocado.

Na 11ª posição alinhou Josimar Castro, cravando o tempo de 43.598, seguido de Henqurque Bolognaei, com o tempo de 43.622. Lelis Cavallaro largou na 7ª fila com o tempo de 43.642, ao lado de Everton Borges, com 43.654. Henrique Hilbert obteve a 15ª posição com 43.675, seguido de Carlos Alberto Carpini, com 43.798. Fábio Ricardo Chieregatti fez a sua estreia na categoria nesta etapa largando na 17ª posição com 43.875, à frente de Rodrigo Herrerias Anezini, com 43.913. Formaram a última fila completando o grid de largada: João Carlos Ferreira Pinto (piloto convidado), com 44.103 e Luis Feitoza, com 44.322. Estiveram ausentes desta etapa: David Willian, o vencedor da 4ª prova da temporada; e Leandro Baraban.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

Corrida

Luis Miranda se manteve à frente do pelotão na largada seguido por Fabrício Reis, que deu o bote em Patty del Corona para tomar-lhe a 2ª posição. Fábio Nogueira surgiu na 4ª posição, atrás de Patty, no fechamento da 1ª volta e à frente de Rodrigo Amarante, os dois últimos tendo ultrapassado Robson Fernandes. Aroldo Ribeiro da Costa Filho aparecia em 7º lugar, adiante de Andreo Pizani, Fernando Baraban e Henrique Bolognesi. Caio Gomes ocupava a 11ª posição, seguido por Josimar Castro, Henrique Hilbert, Rodrigo Herrerias Anezini e Luiz Feitoza. Completavam o pelotão, a partir da 16ª colocação: Lelis Cavallaro, João Carlos Ferreira Pinto, Fábio Ricardo Chieregatti, Carlos Alberto Carpini e Everton Borges, que havia rodado por conta de uma disputa de posição.

Luis Miranda fez um forte início de prova (marcando a melhor volta da corrida na 4ª volta com 52.649), conseguindo abrir cerca de 2s de vantagem sobre Fabrício Reis, enquanto Fábio Nogueira (#28 – foto abaixo) superava Patty del Corona na 3ª volta (#21), levando o troco no 5º giro. Rodrigo Amarante seguia na 5ª posição adiante de Robson Fernandes e de Aroldo Ribeiro da Costa Filho. Fernando Baraban ultrapassou Andreo Pizani na 2ª volta conaquistando o 8º lugar, adiante de Henrique Bolognesi. Caio Gomes era o 11º a frente de Josimar Castro e Rodrigo Herrerias Anezini, que ultrapassou Henrique Hilbert na 4ª volta. A partir da 15ª posição vinham: Luis Feitoza, Lelis Cavallaro, Everton Borges, Carlos Alberto Carpini, João Carlos Ferreira Pinto e Fábio Ricardo Chieregatti.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

A partir da 6ª volta Fabrício Reis começou a diminuir a diferença que o separava de Luis Miranda, já o perseguindo muito de perto por volta do 11º giro, ocasião em que Fábio Nogueira ultrapassou novamente Patty del Cortona para assumir a 3ª colocação, naquela que se constituía na melhor disputa da prova. Rodrigo Amarante continuava na 5ª posição adiante de Robson Fernandes e de Fernando Baraban, que havia superado Aroldo Ribeiro da Costa Filho. Caio Gomes surgia na 9ª posição à frente de Andreo Pizani. Josimar Castro era o 11º colocado adiante de Rodrigo Herrerias Anezini, Henrique Bolognesi e Henrique Hilbert, com Everton Borges já na 15ª posição. Vinham a seguir: Lelis Cavallaro, Luis Feitoza, Carlos Alberto Carpini, João Carlos Ferreira Pinto e Fábio Ricardo Chieregatti.

Na 16ª volta Fabrício Reis (#20 – foto abaixo) deu o bote em Luis Miranda (#23) na curva que antecede a subida paralela à reta dos boxes de maneira segura. Luis passou de caça a caçador, ficando no encalço de Fabrício. Fábio Nogueira persistia na 3ª posição, ainda na alça de mira de Patty del Corona. Rodrigo Amarante era o 5º colocado adiante de Robson Fernandes e de Fernando Baraban. Aroldo Ribeiro da Costa Filho se mantinha na 8ª colocação à frente de Andreo Pizani e de Josimar Castro. Caio Gomes surgia em 11º lugar adiante de Henrique Bolognesi, Rodrigo Herrerias Anezini, Henrique Hilbert, Lelis Cavallaro, Luis Feitoza, Carlos Alberto Carpini, João Carlos Ferreira Pinto e Fábio Ricardo Chieregatti. Everton Borges optou por abandonar na 18ª volta após rodar pela 2ª vez.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

Já no terço final da corrida Fabrício Reis mantinha um ritmo forte e seguro adiante de Luis Miranda, que estudava o melhor jeito de devolver a ultrapassagem que tomou de Fabrício Reis para retomar a liderança da prova. Mesmo com essa disputa, os dois líderes não se atrapalhavam e continuavam a abrir distância em relação a Fábio Nogueira e Patty del Corona que lutavam pela 3ª posição. Na 23ª volta Patty conseguiu superar Fábio Nogueira e assumir a 3ª posição. Na volta seguinte o motor do kart de Luis Miranda morreu e ele ficou parado na pista no início do trecho em subida, infelizmente abandonando a prova depois de uma grande atuação. De qualquer forma, Luis Miranda continua liderando o campeonato e poderá utilizar esse resultado como descarte.

Na 24ª volta Fabrício Reis liderava a prova mantendo uma distância segura de Fábio Nogueira, que conseguiu devolver a ultrapassagem de Patty del Corona na volta anterior se estabelecendo adiante da adversária, agora na 2ª posição após o abandono de Luis Miranda. Rodrigo Amarante continuava tranquilo sem ser incomodado por ninguém, passando a ser o 4º colocado. A 5ª colocação já pertencia a um combativo Andreo Pizzani, que abriu caminho ultrapassando Aroldo Ribeiro da Costa Filho na 17ª volta, Josimar Castro na seguinte e Fernando Baraban no 23º giro. Dessa forma, Fernando Baraban passou a ser o 6º colocado adiante de Caio Gomes, Aroldo Ribeiro da Costa Filho, Josimar Castro e Henrique Bolognesi, os 10 primeiros.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

Fabrício Reis continuou na liderança da prova até o seu final, conquistando a sua 1ª vitória na categoria. Fábio Nogueira conseguiu se firmar à frente de Patty del Corona nas 8 voltas finais para garantir a 2ª colocação na prova. Patty, por sua vez, continuou seguindo de perto Fábio Nogueira até o fim e garantiu o seu lugar ao pódio com a 3ª posição. Rodrigo Amarante não teve maiores dificuldades em manter-se na 4ª posição com uma boa distância de Andreo Pizani, o 5º colocado (#37 – foto acima). Fernando Baraban (#29), depois de ultrapassado por Pizani, ainda o seguiu de perto, sem conseguir, porém, devolver a ultrapassagem sofrida na 23ª volta. Aroldo Ribeiro da Costa Filho disputou até o final o 7º lugar com Caio Gomes, que terminou a prova logo atrás dele na 8ª colocação.

Josimar Castro cruzou a linha de chegada na 9ª posição adiante Henrique Bolognesi, que foi punido pela direção de prova com 5 pontos a menos na pontuação do campeonato por atitude anti-desportiva em um lance na reta dos boxes na última volta envolvendo Rodrigo Herrerias Anezini, o 11º colocado, que fez um bom final de corrida. Henrique Hilbert concluiu a corrida na 12ª colocação a uma volta do líder. Lelis Cavallaro chegou a seguir adiante de Carlos Alberto Carpini e de Luis Feitoza, o 15º colocado. Fábio Ricardo Chieregatti, Robson Fernandes e João Carlos Ferreira Pinto, nesta ordem, foram os demais pilotos que concluíram a corrida. Os dois líderes do campeonato, Luis Miranda e Everton Borges, abandonaram a prova.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

Resultados

Fabrício Reis (#20) comemorou muito a sua primeira vitória na temporada, depois de ter subido ao pódio na 4ª etapa com a 5ª colocação, até então o seu melhor resultado do ano. Largando da 3ª posição, Fabrício já pulou para 2º na largada e ainda no começo da prova perseguia de perto Luis Miranda, o líder. Demonstrou maturidade para decidir a hora certa para efetuar a ultrapassagem que lhe deu a vitória, na 16ª volta, mantendo-se à frente de Luis Miranda sem cometer erros até a quebra do equipamento do oponente no 23º giro. A partir daí manteve a boa distância que havia conquistado em relação aos adversários e rumou para a bandeirada de chegada sem ser incomodado. Fabrício agora é o 5º colocado no campeonato na classificação geral, partindo na frente na luta pelo título de campeão do 2º turno.

Fábio Nogueira (#28 – foto abaixo) espantou o azar que lhe perseguia nesta temporada para conquistar o seu 1º pódio com uma excelente 2ª colocação, depois de uma grande disputa pela posição com Patty del Corona durante toda a prova. Partindo da 5ª posição no grid de largada, Fábio largou bem e já era o 4º colocado na 1ª passagem. A partir de então passou praticamente a corrida inteira trocando de posições com Patty del Corona, levando a melhor a menos de 10 voltas do final. A disputa entre os dois foi muito acirrada e muito limpa, com muito respeito quanto à posição de pista de cada um nas ultrapassagens. Uma verdadeira lição de fair play de ambas as partes.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

A 3ª colocação na prova foi conquistada por Patty del Corona (#21 – foto acima), o seu 2º pódio nesta posição em apenas 3 participações na temporada. Patty foi muito bem na tomada de tempos, conquistando um lugar na primeira fila ao lado do pole-position Luis Miranda. Foi ultrapassada por Fabrício Reis, mantendo-se na 3ª colocação até a 3ª volta, quando foi superada por Fábio Nogueira. Retomou a 3ª posição na 5ª volta e foi ultrapassada novamente por Fábio na 11ª. Continuou na perseguição ao adversário o superando no 23º giro e voltando a perder a 3ª colocação na volta seguinte, quando houve o abandono de Luis Miranda, que ocupava a 2ª posição, a promovendo para a 3ª colocação, mantida até o final das 31 voltas da corrida. Com o resultado Patty está na briga pelo título do 2º turno.

Rodrigo Amarante (foto abaixo) obteve a 4ª colocação através de uma prova muito constante em que correu de forma isolada terminando a prova com uma desvantagem de cerca de 5s de Patty del Corona a 3ª colocada e cerca de 7s à frente de Andreo Pizani. Rodrigo ocupou a 5ª posição desde a bandeirada de largada até o abandono de Luis Miranda na 23ª volta. A partir de então se estabeleceu na 4ª posição até o final, sem ser incomodado. Enfim, Rodrigo fez uma corrida muito tranquila para conquistar o seu 3º pódio na temporada, somando-o à 2ª colocação na 2ª etapa e a 4ª na seguinte. Colheu bons frutos na etapa, pois este resultado o levou à 3ª posição na tabela de classificação, aumentando as suas chances de brigar pelo título com o abandono dos dois atuais líderes, Luis Miranda e Everton Borges.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

Andreo Pizani teve uma atuação firme e decidida durante a prova para ser dono do 5º degrau do pódio. Andreo largou na 6ª posição, mas acabou caindo para o 9º lugar ainda na 2ª volta, sendo ultrapassado por Caio Gomes na 11ª volta, recuperando o 9º lugar na volta 13. Já era o 8º colocado na 17ª volta quando ultrapassou Aroldo Ribeiro da Costa Filho. Superou Josimar Castro na volta seguinte e Fernando Baraban foi a próxima vítima na 23ª volta, já se estabelecendo na 5ª colocação com o abandono de Luis Miranda na 24ª volta. Fernanbo Baraban concluiu a prova logo atrás de Pizani, na 6ª posição, depois de largar em 10º e ter boas disputas com Andreo Pizani no começo e no fim da prova, além de ter ultrapassado Aroldo Ribeiro na 7ª passagem e Robson Fernandes na 17ª.

Aroldo Ribeiro da Costa Filho obteve a 7ª posição depois de disputas muito boas com Fernando Baraban, Andreo Pizani, Josimar Castro e, principalmente, Caio Gomes, que o havia ultrapassado na 19ª volta e recebeu o troco apenas na última passagem. Dessa forma, Caio Gomes foi o 8º colocado, depois de uma prova em que evoluiu bem, após uma disputa muito boa com Aroldo Ribeiro da Costa Filho na 2ª metade da corrida. Henrique Bolognesi e Rodrigo Herrerias Anezini fecharam os 10 primeiros. Henrique e Rodrigo disputavam a 9ª posição na última volta e uma manobra de Henrique bloqueando o adversário na reta lhe rendeu a sua 1ª punição por atitude anti-desportiva da temporada.

Clube KART BRASIL (Foto: Camila Silvério)

Matérias: Marcio Gessoni

Fotos: Camila Silvério



Compartilhe esta notícia nas Redes Sociais: